SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.85 issue5Quality of life in pediatric patients with atopic dermatitisFever without source: evaluation of a guideline author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

WOLKERS, Paula Carolina Bejo et al. Novos pontos de corte de sensibilidade nas taxas de resistência antimicrobiana de cepas invasivas de pneumococo. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2009, vol.85, n.5, pp. 421-425. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572009000500009.

OBJETIVO: Avaliar impacto dos novos pontos de corte de sensibilidade à penicilina nas taxas de resistência de cepas de pneumococo obtidas de crianças com pneumonia. MÉTODOS: Cepas de pneumococo isoladas no laboratório de análises clínicas do Hospital de Clínicas de Uberlândia, Uberlândia (MG), a partir de amostras de pacientes internados foram enviadas ao Instituto Adolfo Lutz, Sao Paulo (SP), para confirmação da identificação, sorotipagem e determinação da sensibilidade aos antimicrobianos. RESULTADOS: De abril de 1999 a dezembro de 2008 foram enviadas ao Instituto Adolfo Lutz 330 cepas de pneumococo, sendo 195 (59%) provenientes de pacientes com diagnóstico de pneumonia. Destas, foram analisadas 100 cepas de pacientes com idade ≤ 12 anos; a idade dos pacientes variou de 1 a 12,6 anos, com média de 2,4 e mediana de 1,7 anos; 47 pacientes eram do sexo masculino; as fontes de recuperação foram sangue (42%) e líquido pleural (58%). Foram detectadas 35 cepas oxacilina-resistentes: segundo os critérios do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) de 2007 [concentração inibitória mínima (CIM) ≤ 0,06 µg/mL para sensibilidade (S), 0,12 a 1 µg/mL para resistência intermediária (RI) e ≥ 2 µg/mL para resistência plena (RP)], 22 cepas apresentaram RI e 11, RP para penicilina. De acordo com os critérios atuais do CLSI de 2008 (≤ 2 µg/mL para S, 4 µg/mL para RI e ≥ 8 µg/mL para RP) apenas uma cepa confirmou RI à penicilina. Detectou-se resistência a cotrimoxazol (80%), tetraciclina (21%), eritromicina (13%), clindamicina (13%) e ceftriaxona (uma cepa, simultaneamente resistente a penicilina). CONCLUSÕES: Com a aplicação dos novos pontos de corte para sensibilidade in vitro, as taxas de resistência a penicilina caíram 97%, de 33 para 1%.

Keywords : Pneumococo; resistência antimicrobiana; pneumonia.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese