SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.85 issue6Impact of divorce on the quality of life in school-age children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

REIS, Lidiane L.; PETERLINI, Maria Angélica S.  and  PEDREIRA, Mavilde L. G.. Potencial hidrogeniônico de soluções de cloridrato de dobutamina expostas a condições ambientais de unidades de cuidados intensivos neonatais. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2009, vol.85, n.6, pp. 553-556. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572009000600014.

OBJETIVO: Verificar o potencial hidrogeniônico (pH) de soluções de cloridrato de dobutamina sob condições ambientais que mimetizam unidades de cuidados intensivos neonatais. MÉTODOS: Analisou-se pH do fármaco em solução glicosada 5% ou NaCl 0,9% segundo temperatura (22 e 37 °C), luz (escuro, lâmpadas fluorescentes ambiente e equipamento de fototerapia) e equipos (incolor e âmbar) em intervalos de tempo (0, 1, 24, 48, 72 e 96 horas). RESULTADOS: Evidenciaram-se valores próximos de pH do fármaco na apresentação comercial e diluído. Obteve-se média de pH de 3,45±0,19 a 22 °C e de 3,55±0,20 a 37 °C. A média de pH das soluções mantidas no escuro foi de 3,62±0,09, na luz ambiente, de 3,63±0,07, e sob fototerapia, de 3,31±0,16. Soluções em equipos incolores tiveram média menor (3,41±0,24) do que em âmbares (3,52±0,15). Obtiveram-se menores valores de pH nas soluções sob fototerapia em equipos incolores (3,17±0,03) do que em âmbares (3,55±0,03). CONCLUSÃO: Sob a luz da fototerapia houve maior variação do pH das soluções, e o emprego de equipos âmbares minimizou tal efeito.

Keywords : Enfermagem neonatal; cuidados intensivos; estabilidade de medicamentos; dobutamina; infusões endovenosas; erros de medicação.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese