SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue1Frequency of public child care service use and associated factors author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

ANDRADE, Gláucia M. Q. et al. Toxoplasmose congênita em filho de mãe cronicamente infectada com reativação de retinocoroidite na gestação. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2010, vol.86, n.1, pp. 85-88. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572010000100015.

OBJETIVO: Apresentar um caso raro de toxoplasmose congênita de uma mãe imunocompetente com infecção crônica que teve reativação da doença ocular durante a gestação. DESCRIÇÃO: O recém-nascido estava assintomático no nascimento e foi identificado através de triagem neonatal (IgM anti-Toxoplasma gondii em sangue seco) entre outros 190 bebês com toxoplasmose congênita durante um período de 7 meses. Sua mãe tinha tido um episódio não tratado de reativação de retinocoroidite toxoplásmica durante a gestação, com títulos de IgG estáveis e resultados negativos para IgM. Os resultados de IgM e IgG no soro do recém-nascido e o teste de immunoblotting para IgG foram positivos, e detectou-se lesões retinocoroideanas ativas na periferia da retina. O recém-nascido foi tratado com sulfadiazina, pirimetamina e ácido folínico. Aos 14 meses de vida, a criança permanecia assintomática, com regressão das lesões retinocoroideanas e persistência de IgG. COMENTÁRIOS: É possível que a triagem neonatal sistemática em áreas com alta prevalência de infecção possa identificar esses casos.

Keywords : Toxoplasmose congênita; transmissão vertical; triagem neonatal; coriorretinite; gestação.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese