SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue2Characterization of rotavirus strains from day care centers: pre- and post-rotavirus vaccine eraOpen challenge for the diagnosis of cow's milk protein allergy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

NISLI, Kemal et al. Marcadores eletrocardiográficos para detecção precoce de doença cardíaca em pacientes com talassemia beta maior. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2010, vol.86, n.2, pp. 159-162. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1982.

OBJETIVO: Analisar comparativamente a dispersão da onda P (DOP) em pacientes com talassemia beta maior (β-TM) e indivíduos saudáveis (controles) para a detecção precoce do risco de arritmias. MÉTODOS: Oitenta e uma crianças com β-TM, com idades entre 4 e 19 anos, e 74 crianças saudáveis (grupo controle) foram submetidas a exame eletrocardiográfico e ecocardiograma transtorácico de rotina para avaliação cardíaca. A DOP foi calculada como a diferença entre as durações máxima e mínima da onda P. RESULTADOS: Houve uma diferença estatisticamente significativa entre o grupo de estudo e o grupo controle no pico de velocidade do fluxo transmitral no início da diástole (E) e na razão E/fluxo transmitral tardio (A). A duração máxima da onda P e a DOP foram significativamente maiores nos pacientes com β-TM do que nos indivíduos controles. CONCLUSÕES: O aumento da DOP em nossos pacientes com β-TM pode estar relacionado à depressão na condução intra-atrial, devido à dilatação atrial, e ao aumento da atividade simpática. Estes pacientes devem ser acompanhados atentamente devido à possibilidade de ocorrência de arritmias com risco de vida.

Keywords : Talassemia maior; dispersão da onda P; ferritina; acometimento cardíaco.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese