SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.87 issue2Environmental pediatrics: an emerging issuePneumonia mortality in Brazilian children aged 4 years and younger author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

CARVALHO, Elaine A. A.  and  ROCHA, Regina L.. Toxocaríase: larva migrans visceral em crianças e adolescentes. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2011, vol.87, n.2, pp. 100-110. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572011000200004.

OBJETIVOS: Apresentar investigação detalhada de fatores de risco, sintomatologia, exames laboratoriais e de imagem que possam contribuir para o diagnóstico clínico-laboratorial da larva migrans visceral (LMV) em crianças e mostrar a importância do diagnóstico e do tratamento para evitar complicações oculares, hepáticas e em outros órgãos. FONTES DOS DADOS: Revisão de literatura utilizando os bancos de dados MEDLINE e LILACS (1952-2009), selecionando os artigos mais atuais e representativos do tema. SÍNTESE DOS DADOS: LMV é uma doença infecciosa de apresentação clínica inespecífica cuja transmissão está relacionada ao contato com cães, principalmente filhotes, podendo evoluir com complicações sistêmicas tardias em órgãos vitais como o olho e sistema nervoso central. Para diagnóstico laboratorial, pode ser utilizado IgG (ELISA) anti-Toxocara canis, cujos pontos de corte mais elevados sugerem doença recente e, os mais baixos, infecção leve ou em resolução. A resposta terapêutica pode ser avaliada por meio da contagem de eosinófilos no sangue. Esse artigo atualiza o pediatra em relação à LMV, doença de alta prevalência no mundo e no Brasil. CONCLUSÕES: O diagnóstico de LMV depende principalmente da epidemiologia da presença de cães no domicílio da criança, associada ao ELISA (IgG para T. canis), utilizando antígenos Toxocara de excreção e secreção. São necessários estudos prospectivos para avaliar a melhor droga na terapêutica. A prevenção é a estratégia mais importante devido à alta prevalência de T. canis na região urbana.

Keywords : Toxocara canis; cães; infecção; epidemiologia; ELISA; prevalência.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese