SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.87 issue2Mothers' perception of obesity in schoolchildren: a survey and the impact of an educational intervention author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

COSTA, Auxiliadora Damianne P. Vieira da  and  SILVA, Gisélia Alves Pontes da. Terapia de reidratação oral no setor de emergência. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2011, vol.87, n.2, pp. 175-179. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.2066.

OBJETIVO: Descrever o manejo da diarreia aguda na emergência, explorando fatores associados à prescrição da terapia de reidratação oral (TRO) versus terapia de reidratação venosa (TRV) para crianças com desidratação não grave. MÉTODOS: Estudo descritivo conduzido de janeiro a maio de 2008 em duas unidades de emergência em Recife (PE), A e B, sendo a emergência B vinculada a um hospital-escola, com observação do manejo de crianças com desidratação não grave por diarreia aguda. As principais variáveis foram: 1) tipo de hidratação prescrito; 2) associação com características das crianças e local. RESULTADOS: Cento e sessenta e seis crianças participaram do estudo. A indicação de TRO foi semelhante nos dois serviços (32,2 versus 31,6% em A e B, respectivamente, p = 0,93) e menor para os casos com desidratação moderada (17,6%) em relação à forma leve (35,6%), p = 0,07. Não havia sala de reidratação oral nos serviços. CONCLUSÕES: A maioria das crianças não fez uso de TRO, principalmente aquelas com desidratação moderada, não havendo diferença em relação ao tipo de serviço, assistencial ou de ensino.

Keywords : Serviços médicos de emergência; terapia de reidratação oral; gastroenterite; criança.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese