SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.87 issue4Probiotics and prebiotics in prevention and treatment of diseases in infants and childrenSeverity of viral coinfection in hospitalized infants with respiratory syncytial virus infection author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

PUNARO, Elizabete; MEZZACAPPA, Maria Aparecida  and  FACCHINI, Fernando Perazzini. Acompanhamento sistematizado da hiperbilirrubinemia em recém-nascidos com 35 a 37 semanas de idade gestacional. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2011, vol.87, n.4, pp. 301-306. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572011000400005.

OBJETIVOS: Identificar os resultados do acompanhamento da bilirrubinemia na primeira semana de vida em uma coorte de recém-nascidos (RNs) de 350/7 a 376/7 semanas de idade gestacional e estabelecer fatores de risco para reinternação para fototerapia pós-alta hospitalar (bilirrubinemia total > 18 mg/dL). MÉTODOS: Estudo de coorte retrospectivo em hospital público universitário. Os recém-nascidos tiveram acompanhamento da bilirrubina total plasmática ou transcutânea pré- e pós-alta da enfermaria de alojamento conjunto para avaliação da necessidade de fototerapia. Foi empregada uma abordagem sistematizada, utilizando-se os percentis de risco de uma curva de referência. RESULTADOS: Foram estudados 392 RNs. Uma consulta ambulatorial foi necessária em 61,7% dos RNs. Tiveram valores máximos de bilirrubinemia total > 20 mg/dL 34 RNs (8,7%), e três RNs (0,8%) apresentaram bilirrubinemia total entre 25-30 mg/dL. Fototerapia foi indicada após alta em 74 RNs (18,9%). Os fatores de risco foram a perda de peso do nascimento até o primeiro retorno e os percentis à alta acima do P40. A bilirrubinemia total à alta acima do P95 foi associada ao maior risco de reinternação [RR = 49,5 (6,6-370,3)]. A perda de peso até o primeiro retorno foi o único preditor clínico independente [RR = 1,16 (1,04-1,17)]. CONCLUSÃO: A abordagem sistematizada da bilirrubinemia na 1ª semana foi efetiva na prevenção de hiperbilirrubinemias perigosas. O suporte à amamentação e a alta hospitalar após a estabilização da perda de peso podem ser medidas preventivas da reinternação por hiperbilirrubinemia

Keywords : Hiperbilirrubinemia; icterícia; recém-nascido prematuro; recém-nascido.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese     · press release in Portuguese