SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.87 issue6Analysis of serum and supplemented vitamin C and oxidative stress in HIV-infected children and adolescentsBreaking barriers: a competency-based framework for promoting the integration of the pediatrician's education author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

YıLDıRıM, Faruk et al. Aumento do estresse oxidativo em pré-escolares expostos ao tabagismo passivo. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2011, vol.87, n.6, pp.523-528. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572011000600011.

OBJETIVOS: Estudar o efeito do fumo passivo sobre o estado plasmático oxidativo e antioxidativo em pré-escolares fumantes passivos e compará-los com controles. MÉTODOS: Trinta e quatro pré-escolares fumantes passivos (cinco a 50 cigarros/dia) (grupo de estudo) e 32 controles que nunca estiveram expostos à fumaça de cigarro foram escolhidos aleatoriamente entre crianças de 4 a 6 anos. Foram determinados os níveis de cotinina urinária e de indicadores do estado oxidativo e antioxidativo, isto é, estado oxidante total (EOT), capacidade antioxidante total (CAT) e índice de estresse oxidativo (IEO). RESULTADOS: A média do consumo ambiental de cigarros foi de 22±13 cigarros por dia nas crianças fumantes passivas. Os níveis médios de cotinina urinária foram 77,6±41,4 ng/mL e 11,9±2,3 ng/mL nos grupos de estudo e controle, respectivamente (p < 0,001). Os níveis médios da CAT plasmática foram 0,95±0,13 mmol equivalente de Trolox/L e 1,01±0,09 mmol equivalente de Trolox/L, respectivamente (p = 0,039). Os níveis médios de EOT plasmático foram 28,6±7,9 µmol H2O2 equivalente/L e 18,5±6,3 µmol H2O2 equivalente/L, respectivamente (p < 0,001). Os níveis médios de IEO foram 3,08±0,98 unidade arbitrária e 1,84±0,64 unidade arbitrária, respectivamente (p < 0,001). Uma pequena quantidade de fumaça de cigarro (cinco a 10 cigarros/dia) causa estresse oxidativo considerável. Não houve correlações significativas entre o número de cigarros consumidos e os níveis de estado oxidante e de IEO. CONCLUSÕES: O tabagismo passivo é um potente oxidante em pré-escolares. Seus efeitos deletérios não se limitam apenas tabagismo passivo pesado, mas também ocorrem com a exposição a pequenas quantidades de fumaça.

Keywords : Antioxidantes; cotinina; oxidantes; fumo passivo; pré-escolares.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License