SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.87 issue6Increased oxidative stress in preschool children exposed to passive smokingChildhood acute bacterial meningitis: risk factors for acute neurological complications and neurological sequelae author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

NAGHETTINI, Alessandra V.; BOLLELA, Valdes R.; COSTA, Nilce M. S. C.  and  SALGADO, Luciana M. R.. Quebrando barreiras: integração do currículo de pediatria a partir da criação de uma matriz de competências. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2011, vol.87, n.6, pp.529-534. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.2132.

OBJETIVO: Descrever o processo de revisão e de integração curricular de um programa de pediatria por meio da criação de uma matriz de competências referenciada nas Diretrizes Curriculares Nacionais. MÉTODOS: Estudo quali-quantitativo de intervenção que avaliou a percepção de estudantes e docentes em relação ao currículo existente (grupos focais e entrevistas semiestruturadas). Discutiram-se os resultados em oficinas de desenvolvimento docente, o que propôs uma matriz baseada em competências para todo o programa de pediatria do 3º ao 6º ano. O novo currículo foi aprovado, implementado e reavaliado após 6 meses. RESULTADOS: Doze estudantes (12%) do 3º ao 6º ano participaram dos grupos focais, e 11 dos 14 professores (78,5%) responderam ao questionário. A maioria referiu falta de integração entre as disciplinas, desconhecimento dos objetivos de aprendizagem dos estágios, poucas oportunidades de práticas e avaliação predominantemente teórica. Nas oficinas de capacitação, foi criada uma matriz curricular integrada por competências após a pactuação entre professores da pediatria e da saúde coletiva. A matriz destacava a competência geral, os objetivos de aprendizagem, oportunidades disponíveis para aprendê-los e o sistema de avaliação. Após 6 meses, 93% (104/112) dos alunos e 79% (11/14) dos professores relataram que percebiam maior integração do programa e destacaram a incorporação da avaliação de desempenho clínico. CONCLUSÃO: A construção coletiva da matriz curricular por competências levou à maior satisfação de docentes e discentes com a nova proposta que, após a implementação, foi percebida como integradora de conteúdos e práticas de ensino da pediatria, tendo qualificado a avaliação de desempenho clínico.

Keywords : Currículo; educação baseada em competências.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License