SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.94 número5Doença hepatobiliar em crianças e adolescentes com fibrose cística,Eficácia de um programa público de promoção de saúde bucal em crianças índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal de Pediatria

versão impressa ISSN 0021-7557versão On-line ISSN 1678-4782

Resumo

SANTOS, Vagner dos; SILVA, Paulo Henrique Dourado da  e  GANDOLFI, Lenora. Uso de disciplina física e verbal pelos pais: estudo transversal em bairros vulneráveis,. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2018, vol.94, n.5, pp.511-517. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1016/j.jped.2017.07.013.

Objetivo:

Estimar a prevalência no último ano de crianças e adolescentes expostos a disciplinas físicas e verbais pelos pais e mães.

Metodologia:

Estudo transversal conduzido em dois bairros vulneráveis que possuem aproximadamente 80.000 habitantes. Amostragem complexa foi utilizada. As casas foram selecionadas por amostragem probabilística em duas fases. O número de 401 casas (erro amostral = 0,1) foi definido pela variância maximizada (p = 0,5). A amostragem por cluster permitiu obter o total de 33 cluster selecionados (erro amostral = 0.05). Usamos a versão brasileira do WorldSAFE Core Questionnaire para identificar disciplinas verbais moderadas, disciplinas verbais severas, disciplinas físicas moderadas e disciplinas físicas severas. O questionário pergunta a frequência que as mães (respondentes) e seus maridos/companheiros utilizaram táticas disciplinares especificas.

Resultados:

A média de idade das crianças e adolescentes foi de nove anos (DP: 4,5). A prevalência de disciplinas verbais severas foi de aproximadamente 37% (sendo 28,3% [95% CI: 23,4-33,3%] expostas a mais de três vezes no último ano). A prevalência disciplinas físicas severas foi de aproximadamente 30% (sendo 21,8% [CI: 18,2-25,4%] expostas mais de três vezes). Meninos tem maior chance de disciplinas físicas severas [OR: 1,56, p < 0,05]. Crianças e adolescentes com problemas de aprendizagem e atrasos no desenvolvimento apresentam maior chance quando comparado com seus pares sem problemas. Crianças e adolescentes com problema crônico de saúde tiveram chance menor de disciplinas físicas severas (OR: 0,4; p < 0,05).

Conclusões:

Abuso paterno e materno está contido nas práticas cotidianas de educação nestes dois bairros vulneráveis.

Palavras-chave : Educação infantil; Parentalidade; Disciplina; Áreas de pobreza.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )