SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue10 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo)

Print version ISSN 0031-1049

Abstract

CHAABAN, Sameh Ben; CHERMITI, Brahim  and  KREITER, Serge. Effects of host plants on distribution, abundance, developmental time and life table parameters of Oligonychus afrasiaticus (McGregor) (Acari: Tetranychidae). Pap. Avulsos Zool. (São Paulo) [online]. 2012, vol.52, n.10, pp. 121-133. ISSN 0031-1049.  http://dx.doi.org/10.1590/S0031-10492012001000001.

A biologia e ecologia do ácaro da tamareira O. afrasiaticus foram estudadas através de inspeções regulares em oásis Tunisianos e observações em laboratório. Os resultados indicam que a data inicial da infestação dos frutos variou entre os anos e pelo tipo de variedade das tamareiras. Datas iniciais variaram entre a primeira e a terceira semana de julho. O período passado pelo ácaro nos frutos variou de acordo com o tipo de tamareira, sendo de 8 semanas na variedade "Deglet Noor", de 2 a 5 semanas na "Alig", 2 a 4 semanas nas tâmaras "Kentichi", e 2 a 4 semanas nos frutos "Bessr". A variedade "Deglet Noor" foi a mais sensível ao O. afrasiaticus. As Populações de ácaros nas pinhas permaneceram baixas de maio a dezembro. Durante o outono e na primavera, O. afrasiaticus foi encontrado em folhas de sorgo no solo dos pomares. Um estudo tabelado com o ciclo de vida em laboratório, a 27°C, em seis plantas hospedeiras (tâmaras das variedades "Deglet Noor", "Alig", "Kentichi", "Bessr", as pinhas de "Deglet Noor" e folhas de sorgo) mostrou que o ciclo de vida de O. afrasiaticus variou entre as diferentes plantas hospedeiras com valores médios de 13 dias nos frutos Alig e 10,9 dias em folhas de sorgo. Uma fecundidade relativamente alta foi observada em folhas de sorgo (2 ovos/fêmea/dia) durante 5,2 dias de ovipostura, enquanto valores mais baixos de fecundidade foram observados nas pinhas "Deglet Noor" e frutos "Alig" com 0,7 ovos/fêmea/dia durante 5,4 dias. A longevidade média das fêmeas de O. afrasiaticus variou entre 13,4 a 7,5 dias nos frutos "Deglet Noor" e folhas de sorgo, respectivamente. A taxa intrínseca de aumento (rm) foi mais alta em folhas de sorgo (0,171) e frutos "Deglet Noor" (0,166), e mais baixos nos frutos "Alig" (0,103). Um maior conhecimento da história de vida e abundância sazonal desta espécie é necessário para que estratégias apropriadas de controle possam ser elaboradas.

Keywords : Taxa de aumento intrínseco (rm); Tamareiras; Tunísia Meridional; "Deglet Noor"; Seasonal abundance.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English