SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 issue3Spinal anesthesia with 27G and 29G Quincke and 27G Whitacre needles: technical difficulties, failures and headache author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

OLIVEIRA FILHO, Getúlio Rodrigues de et al. Fatores associados com a ocorrência de hipoxemia no período pós-anestésico imediato. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2001, vol.51, n.3, pp. 185-195. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942001000300001.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hipoxemia pós-anestésica é um evento respiratório crítico que aumenta a morbidade pós-operatória. Este estudo visou identificar fatores relacionados à ocorrência de hipoxemia no período pós-operatório imediato. MÉTODO: Foram incluídos 204 pacientes admitidos à sala de recuperação pós-anestésica respirando ar ambiente. A saturação periférica da oxi-hemoglobina (SpO2), as pressões arteriais sistólica (PAS) e diastólica (PAD) e a freqüência cardíaca (FC) foram medidas a intervalos de 5 minutos desde a admissão do paciente até 20 minutos após. Escores de sedação, de dor e de adequação da ventilação foram atribuídos nos mesmos momentos. SpO2 menor que 92% foi definida como hipoxemia e indicação para oxigenioterapia. Foram registrados: idade, sexo, peso, altura, história de fumo, de DPOC e de diabete melito, SpO2 na chegada à sala de cirurgia, tipo de anestesia, região operada, duração da anestesia, uso de opióides neuro-axiais e drogas utilizadas no período peri-operatório e respectivas doses. A associação destes fatores com hipoxemia foi definida por regressão logística. RESULTADOS: Quarenta e nove pacientes (24,01%) apresentaram SpO2 menor que 92% durante o período de observação. Foram indicadores de hipoxemia [relação de chances (limites de 95% de confiança)]: idade maior que 55 anos [4,32 (1,70; 10,95)], SpO2 pré-operatória menor que 95% [7,47 (1,50;37,11)], anestesia geral com enflurano [14,53 (2,54;82,93)], hipoventilação detectada clinicamente [34,82 (11,46;105,84)]. A PAS e a FC foram significativamente mais elevadas nos pacientes hipoxêmicos. CONCLUSÕES: Existem fatores significativamente associados à ocorrência de hipoxemia pós-operatória, enquanto o uso do oxímetro de pulso permite a utilização seletiva de oxigenioterapia no período pós-anestésico imediato.

Keywords : COMPLICAÇÕES: hipoxemia.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese