SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 número5Análisis del electrocardiograma por el anestesistaSíndrome dolorosa compleja regional: epidemiología, fisiopatología, manifestaciones clínicas, tests diagnósticos y propuestas terapéuticas índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Brasileira de Anestesiologia

versión impresa ISSN 0034-7094

Resumen

BAGATINI, Airton; GOMES, Cláudio Roberto; MASELLA, Marcelo Zanettini  y  REZER, Gabrielle. Dexmedetomidina: farmacologia e uso clínico. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2002, vol.52, n.5, pp. 606-617. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942002000500012.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A dexmedetomidina é o mais recente agonista a2-adrenérgico em uso clínico. Apresenta rápido início de ação sendo metabolizado no fígado e excretado principalmente pela urina. O objetivo desta revisão é apresentar as características farmacocinéticas e farmacodinâmicas da dexmedetomidina e sua aplicação clínica em cirurgias. CONTEÚDO: São apresentadas as características farmacocinéticas e farmacodinâmicas da dexmedetomidina, comparando-as com a de outras drogas agonistas a2-adrenérgicas, que têm como protótipo do grupo a clonidina. São comentados resultados de trabalhos realizados em cirurgias cardíacas, vasculares, neurológicas e ginecológicas. CONCLUSÕES: A dexmedetomidina mostrou ser uma droga inovadora no que diz respeito à sedação e analgesia. Destacam-se como qualidades principais da droga um rápido início de ação e a capacidade de permitir rápida titulação, podendo deste modo variar a profundidade da sedação e da analgesia. Além disso, oferece sinergismo com as demais drogas anestésicas comumente utilizadas, apresentando baixa incidência de efeitos colaterais e mínima depressão respiratória.

Palabras llave : DROGAS [clonidina]; DROGAS [dexmedetomidina].

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués