SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 issue3Relationship between dexmedetomidine continuous infusion and end-tidal sevoflurane concentration, monitored by bispectral analysisContinuous and bolus thermodilution cardiac output measurement during off-pump coronary artery bypass surgery author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

MARIA, Luís Fernando Rodrigues; TARDELLI, Maria Angela  and  RODRIGUES, Rita de Cássia. Efeito da administração do atracúrio sobre a recuperação do bloqueio neuromuscular induzido pelo pancurônio. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2004, vol.54, n.3, pp. 311-318. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942004000300004.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Freqüentemente em cirurgias abdominais, na fase de fechamento da parede, há necessidade de doses adicionais de bloqueador neuromuscular. O objetivo deste estudo foi analisar, na vigência de recuperação parcial do bloqueio neuromuscular induzido pelo pancurônio, o efeito da administração de dose complementar de atracúrio sobre a recuperação espontânea do bloqueio neuromuscular. MÉTODO: Foram estudados 30 pacientes, divididos em dois grupos, 14 pacientes formaram o grupo pancurônio e 16 pacientes, o grupo atracúrio. A função neuromuscular foi monitorizada de forma contínua por acelerometria do músculo adutor do polegar, utilizando a seqüência de quatro estímulos (SQE), através da estimulação supramáxima do nervo ulnar. A indução da anestesia foi feita com propofol, fentanil, pancurônio 0,08 mg.kg-1 e a manutenção com N2O 60% em oxigênio e isoflurano na concentração expirada de 0,5%. Quando a primeira contração da seqüência de quatro estímulos (T1) recuperou 25%, o grupo pancurônio recebeu pancurônio 0,025 mg.kg-1 e o grupo atracúrio, 0,20 mg.kg-1 de atracúrio. Após a dose complementar foram anotados os tempos para recuperação espontânea de T1 igual a 10%, 25%, 75%, do índice de recuperação (IR25-75%) e da relação T4/T1 igual a 0,8. RESULTADOS: Os tempos de recuperação espontânea após dose complementar de pancurônio ou atracúrio não diferiram quando avaliados pela recuperação de T1 em 10% (45,00 ± 15,50 vs 49,69 ± 9,41), 25% (61,64 ± 18,58 vs 64,25 ± 12,51) e 75% (94,00 ± 28,52 vs 84,69 ± 16,50). O IR25-75% (32,36 ± 13,76 vs 20,44 ± 9,24) e o tempo de recuperação da relação T4/T1 = 0,8 (176,86 ± 29,57 vs 141,50 ± 29,57) foram menores no grupo do atracúrio. CONCLUSÕES: Nas condições deste estudo, a complementação com atracúrio não promoveu alteração na recuperação espontânea inicial do bloqueio neuromuscular induzido pelo pancurônio e promoveu diminuição de 20% no tempo de recuperação total.

Keywords : BLOQUEADORES NEUROMUSCULARES [Adespolarizante]; BLOQUEADORES NEUROMUSCULARES [atracúrio]; BLOQUEADORES NEUROMUSCULARES [pancurônio]; MONITORIZAÇÃO [função neuromuscular].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese