SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 issue4Epidural clonidine or dexmedetomidine for post-cholecystectomy analgesia and sedation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

GOMES, Marcos Emanuel Wortmann; BALLE, Vanessa Rezende; MACHADO, Sheila Braga  and  MENDES, Florentino Fernandes. Estudo comparativo entre concentrações de bupivacaína a 0,125% e a 0,25% associada ao fentanil para analgesia de parto por via peridural. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2004, vol.54, n.4, pp. 467-472. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942004000400002.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A analgesia de parto tem a finalidade de diminuir ou até excluir o sofrimento materno durante o trabalho de parto, sendo considerada um método seguro e efetivo para o alívio da dor. O objetivo deste trabalho foi comparar duas concentrações de bupivacaína (0,25% e 0,125%), associada ao fentanil na analgesia de parto por via peridural, quanto à eficácia antálgica e o grau de bloqueio motor, e verificar a influência das diferentes concentrações utilizadas na duração do trabalho de parto, no bem estar do recém-nascido e na satisfação materna. MÉTODO: Neste estudo prospectivo e duplamente encoberto, 51 gestantes primíparas foram distribuídas aleatoriamente em dois grupos para receberem uma de duas concentrações de bupivacaína para indução de analgesia de parto (0,25% [n = 23] ou 0,125% [n = 28]). Para a mensuração da analgesia, foi utilizado a escala numérica de dor, e para a avaliação do bloqueio motor, a escala de Bromage. Para a comparação das médias, foi utilizado o teste t de Student, e, para a comparação das proporções, o teste Qui-quadrado, com p < 0,05. RESULTADOS: Não houve diferença significativa nas variáveis dor, grau de bloqueio motor e bem-estar fetal entre os dois grupos. O índice de cesariana foi significativamente maior no grupo com maior concentração (p < 0,05). No grupo com menor concentração, as pacientes ficaram mais satisfeitas com o procedimento (p < 0,01). CONCLUSÕES: A bupivacaína na concentração de 0,125%, associada ao fentanil, mostrou maior benefício quando comparada com a concentração de 0,25%. Nesta dose, verificou-se menor incidência de efeitos indesejáveis sem comprometimento da analgesia proporcionada e maior grau de satisfação materna.

Keywords : ANALGESIA [parto]; ANALGÉSICOS [Opióides]; ANALGÉSICOS [fentanil]; ANESTÉSICOS [Local]; ANESTÉSICOS [bupivacaína]; TÉCNICAS ANESTÉSICAS [Regional]; TÉCNICAS ANESTÉSICAS [peridural].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese