SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue4Anesthesia for Duchenne muscular dystrophy patients: case reportsLow S(+) ketamine doses: a review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

JUVER, Jeane Pereira da Silva; FIGUEIREDO, Nubia Verçosa; BARRUCAND, Louis  and  TOSTES, Mauricio de Assis. Uso da metadona no tratamento da dor neuropática não-oncológica: relato de casos. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2005, vol.55, n.4, pp. 450-459. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942005000400010.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O relato inclui sete casos de pacientes com dor neuropática crônica não-oncológica que não haviam obtido resultados satisfatórios com os tratamentos clássicos com antidepressivos tricíclicos e anticonvulsivantes. O uso da metadona, opióide sintético, semelhante à morfina, por via oral, é referido como alternativa no tratamento da dor neuropática pela sua ação antagonista não-competitiva sobre os receptores NMDA. Este estudo tem como objetivo avaliar o uso da metadona no tratamento de pacientes portadores de dores crônicas de origem neuropática não-oncológica que não melhoraram com os tratamentos clássicos. RELATO DOS CASOS: São apresentados sete casos nos quais a dose de metadona foi titulada em consultas subseqüentes e as variáveis escore da intensidade álgica segundo a escala de faces, efeitos colaterais e melhora da capacidade funcional foram analisados no 1º, 7º, 14º, 30º e 180º dias após o início do uso da medicação. Houve redução do escore da intensidade álgica e a ocorrência de efeitos colaterais como constipação, sedação, náuseas, cefaléia e insônia. Não foram observados efeitos colaterais do tipo euforia, sudorese, mioclonias, retenção urinária, redução de libido e depressão respiratória. CONCLUSÕES: Os pacientes apresentaram resposta que foi considerada satisfatória ao uso da medicação, em baixas doses; controle dos efeitos colaterais com medidas simples e melhora representativa da capacidade funcional. A inclusão da metadona, nas condições deste estudo, mostrou-se uma opção eficaz, segura e de baixo custo, para o tratamento das dores de origem neuropáticas não-oncológicas.

Keywords : ANALGÉSICOS [Opióide]; ANALGÉSICOS [metadona]; DOR [Crônica]; DOR [neuropática]; DOR [não-oncológica].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese