SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue5Postoperative cognitive dysfunction: prevalence and associated factorsEffect of ropivacaine on neuronal norepinephrine reuptake in smooth muscle author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

SCHNAIDER, Taylor Brandão; VIEIRA, Antonio Mauro; BRANDAO, Antonio Carlos Aguiar  and  LOBO, Marcos Vinicius Tonante. Efeito analgésico intra-operatório da cetamina, clonidina ou dexmedetomidina, administradas por via peridural, em cirurgia de abdômen superior . Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2005, vol.55, n.5, pp. 525-531. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942005000500007.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cetamina reduz a nocicepção, bloqueando os canais dos receptores NMDA, em doses sub-anestésicas. A ativação dos receptores a2-adrenérgicos induz intensa resposta analgésica. O objetivo desta pesquisa foi avaliar os efeitos da cetamina, clonidina e dexmedetomidina, por via peridural, em pacientes submetidos à cirurgia do abdômen superior. MÉTODO: Participaram deste estudo aleatório e duplamente encoberto, 70 pacientes, de ambos os gêneros, com idade entre 18 e 50 anos, estado físico ASA I e II, submetidos a colecistectomia por via subcostal, sob anestesia geral associada à peridural lombar. Na anestesia peridural foram administrados, aleatoriamente, 20 mL de ropivacaína a 0,75%  e 1 mL de cloreto de sódio a 0,9% no grupo Controle (n = 10); 20 mL de ropivacaína a 0,75%  e  0,5 mg.kg-1 de cetamina no grupo Cetamina (n = 20); 20 mL de ropivacaína a 0,75%  e 1 mL de clonidina (150 µg) no grupo Clonidina (n = 20) ou 20 mL de ropivacaína a 0,75% e 2 µg.kg-1 de dexmedetomidina no grupo Dexmedetomidina (n = 20). A indução anestésica foi realizada com etomidato, alfentanil e rocurônio, sendo a manutenção obtida pela administração de isoflurano e alfentanil. A analgesia foi observada por meio dos sinais clínicos e a concentração inspirada do agente inalatório por meio do analisador de gases ins e expirados, durante o ato operatório. RESULTADOS: Nos pacientes em que foi administrada cetamina, clonidina ou dexmedetomidina, ocorreu diminuição da freqüência cardíaca e da pressão arterial sistêmica, e não houve necessidade de complementação analgésica peri-operatória. Com relação à concentração inspirada do isoflurano, as necessidades variaram entre 0,5vol% e 1vol%, não se observando sinais clínicos ou respostas que sugerissem níveis inadequados de anestesia. CONCLUSÕES: A administração de cetamina, clonidina ou dexmedetomidina, por via peridural, reduz o consumo de alfentanil e a concentração inspirada de isoflurano, no intra-operatório de cirurgia de abdômen superior.

Keywords : ANALGESIA [Intra-operatória]; ANALGÉSICOS [Opióide]; ANALGÉSICOS [alfentanil]; ANALGÉSICOS [a2-agonistas]; ANALGÉSICOS [clonidina]; ANALGÉSICOS [dexmedetomidina]; ANESTÉSICOS [Inalatório]; ANESTÉSICOS [isoflurano]; ANESTÉSICOS [Local]; ANESTÉSICOS [cetamina]; ANESTÉSICOS [ropivacaína].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese