SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 issue1Intravenous dexmedetomidine for sedation does not interfere with sensory and motor block duration during spinal anesthesiaRacemic 0.25% bupivacaine and 50% enantiomeric excess (S75-R25) 0.25% bupivacaine associated to fentanyl for labor analgesia with patient’s ambulation. Comparative study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

ABREU, Múcio Paranhos de et al. Eficácia do ondansetron, metoclopramida, droperidol e dexametasona na prevenção de náusea e vômito após laparoscopia ginecológica em regime ambulatorial. Estudo comparativo. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2006, vol.56, n.1, pp. 08-15. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942006000100002.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora o ondansetron seja apontado como uma das drogas mais eficientes no controle das náuseas e vômitos pós-operatório (NVPO), seu alto custo o torna inviável para uso rotineiro. Este estudo teve como finalidade verificar entre o droperidol, a metoclopramida e a dexametasona qual se aproxima mais da eficácia do ondansetron na prevenção de NVPO em laparoscopias ginecológicas. MÉTODO: Participaram do estudo 100 pacientes submetidas à laparoscopia ginecológica sob anestesia geral venosa e inalatória, divididas aleatoriamente em cinco grupos de acordo com a medicação antiemética recebida. O grupo GO (n = 20) recebeu ondansetron (4 mg); o grupo GM (n = 20): metoclopramida (10 mg); grupo GD (n = 20): droperidol (1,25 mg), o grupo GX (n = 20): dexametasona (8 mg) e o grupo GC - grupo controle (n = 20) não recebeu medicação antiemética. Foram verificadas as incidências de náusea e/ou vômito no pós-operatório, os parâmetros hemodinâmicos, o tempo na sala de recuperação pós-anestésica (SRPA) e o tempo da anestesia. RESULTADOS: Não houve diferença estatística entre os grupos quanto aos dados antropométricos, hemodinâmicos, tempo de recuperação e tempo de anestesia. Houve diferença estatística entre os grupos quanto à incidência de náusea (GO < GD < GX < GM < GC) e de vômitos (GO < GD < GX < GM < GC). CONCLUSÕES: Neste estudo, o ondansetron foi o agente mais eficaz na profilaxia de náusea e vômito e o droperidol foi a droga que mais se aproximou da eficácia do ondansetron na prevenção de NVPO.

Keywords : ANTIEMÉTICOS [dexametasona]; ANTIEMÉTICOS [droperidol]; ANTIEMÉTICOS [metoclopramida]; ANTIEMÉTICOS [ondansetron]; CIRURGIA, Ginecológica [laparoscopia]; COMPLICAÇÕES [náusea]; COMPLICAÇÕES [vômito].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese