SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue20.5% enantiomeric excess bupivacaine (S75-R25), 0.5% racemic bupivacaine, and 2%lidocaine for facial nerve block by the O'Brien technique: a comparative studyMeasurement of anxiety and depression in preoperative patients. Comparative study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

ALVES, Maria Luiza Melo et al. Ansiedade no período pré-operatório de cirurgias de mama: estudo comparativo entre pacientes com suspeita de câncer e a serem submetidas a procedimentos cirúrgicos estéticos. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2007, vol.57, n.2, pp. 147-156. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942007000200003.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A avaliação da ansiedade não faz parte da rotina da avaliação pré-anestésica (APA), o que faz com que situações especiais em que o estado emocional dos pacientes possa estar alterado, passem despercebidas pelo anestesiologista. Este estudo visou comparar, no momento da APA ambulatorial, fatores de risco, intensidade e prevalência de ansiedade em pacientes com suspeita de câncer de mama e a serem submetidas a procedimentos cirúrgicos estéticos de mama. MÉTODO: Após aprovação pelo Comitê de Ética, foram estudadas, no ambulatório de APA, 114 pacientes, ASA I ou II, idade > 14 anos, divididas nos grupos: GMAMA - pacientes com suspeita de câncer de mama; GPLAST - pacientes a serem submetidas à cirurgia plástica estética. Após consentimento esclarecido, as pacientes responderam o teste de avaliação de ansiedade (IDATE - Inventário de Ansiedade Traço-Estado) antes da avaliação pré-anestésica. Foram analisados: dados sociodemográficos; experiência com procedimentos cirúrgicos anteriores; número e percentual de pacientes com ansiedade baixa, moderada e alta (IDATE I e II); mediana das pontuações das escalas IDATE I e II. RESULTADOS: Os grupos foram homogêneos em relação aos dados sociodemográficos e experiência com procedimentos cirúrgicos anteriores. Observou-se diferença significativa dos níveis e prevalência de ansiedade-estado (IDATE I). Não foram identificados fatores de risco para ansiedade-estado e ansiedade-traço. CONCLUSÕES: As pacientes com suspeita de câncer de mama a serem submetidas à retirada de nódulo ou tecido mamário para diagnóstico apresentaram níveis e prevalência de ansiedade-estado alta maiores do que as pacientes a serem submetidas a mamoplastias; os níveis e a prevalência de ansiedade-traço foram similares nos dois grupos e não foram identificados fatores de risco para ansiedade-estado e ansiedade-traço.

Keywords : AVALIAÇÃO PRÉ-ANESTÉSICA [estado psicológico]; CIRURGIA, Ginecológica, Plástica [mama].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese