SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 número3Bloqueio 3-em-1 prolongado versus analgesia sistêmica no tratamento da dor pós-operatória após a reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelhoAnestesia subaracnóidea para cesariana em paciente portadora de esclerose múltipla: relato de caso índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Anestesiologia

versão impressa ISSN 0034-7094versão On-line ISSN 1806-907X

Resumo

FERNANDES, Samanta Cristina Antoniassi et al. Influência do lítio no bloqueio neuromuscular produzido pelo atracúrio e pelo cisatracúrio: estudo em preparações nervo frênico-diafragma de rato. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2007, vol.57, n.3, pp.289-300. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942007000300007.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O lítio, fármaco amplamente utilizado nos distúrbios bipolares, pode interagir com os bloqueadores neuromusculares. Os mecanismos para explicar os seus efeitos na transmissão neuromuscular e a interação com bloqueadores neuromusculares são controversos. O objetivo deste trabalho foi avaliar, em diafragma de rato, os efeitos do lítio sobre a resposta muscular à estimulação indireta e a possível interação com os bloqueadores neuromusculares. MÉTODO: Utilizaram-se ratos com peso entre 250g e 300g, sacrificados sob anestesia com uretana. A preparação nervo frênico-diafragma foi montada de acordo com a técnica descrita por Bulbring. O diafragma foi mantido sob tensão, ligado a um transdutor isométrico e submetido à estimulação indireta de 0,1 Hz de freqüência. As contrações do diafragma foram registradas em fisiógrafo. Da análise da amplitude das respostas musculares avaliaram-se: os efeitos dos fármacos: lítio (1,5 mg.mL-1); atracúrio (20 µg.mL-1) e cisatracúrio (3 µg.mL-1) empregados isoladamente; da associação lítio-bloqueadores neuromusculares; e do lítio no bloqueio neuromuscular produzido pelo atracúrio (35 µg.mL-1) e cisatracúrio (5 µg.mL-1). Os efeitos foram avaliados antes e 45 minutos após a adição dos fármacos. Também foram estudados os efeitos do lítio nos potenciais de membrana (PM) e potenciais de placa terminal em miniatura (PPTM). RESULTADOS: O lítio isoladamente não alterou a amplitude das respostas musculares, mas diminuiu significativamente o bloqueio neuromuscular produzido pelo atracúrio e cisatracúrio. Não alterou o PM e ocasionou aumento inicial da freqüência dos PPTM. CONCLUSÕES: O lítio empregado isoladamente não comprometeu a transmissão neuromuscular e aumentou a resistência ao efeito do atracúrio e cisatracúrio. Não mostrou ação sobre a fibra muscular, sendo que as alterações nos potenciais de placa terminal em miniatura evidenciaram ação pré-sináptica.

Palavras-chave : ANIMAIS [ratos]; Estabilizadores do humor [Lítio]; Bloqueadores neuromusculares, não despolarizantes [atracúrio, cisatracúrio].

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf epdf ) | Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons