SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue5Anesthesia for repair of tetralogy of Fallot in an adult patient: case reportPropofol infusion syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

BRAUN FILHO, José Luciano  and  BRAUN, Leandro Mamede. Estimulação medular espinhal para tratamento da polineuropatia dolorosa refratária induzida por quimioterapia. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2007, vol.57, n.5, pp. 533-538. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942007000500008.

JUSTIFICATIVAS E OBJETIVOS: Polineuropatia dolorosa pós-quimioterapia tem sido muitas vezes uma condição refratária ao tratamento clínico conservador. O objetivo deste relato de caso foi mostrar o uso da estimulação medular como técnica alternativa aos métodos convencionais para tratar paciente com quadro doloroso de difícil controle. RELATO DO CASO: Paciente de 72 anos, com polineuropatia dolorosa pós-quimioterapia há mais ou menos dez anos, apresentava dor de forte intensidade (escala analógica visual = 10) em membros inferiores, contínua e diária, apesar do uso de várias medicações específicas para dor neuropática. Foi submetido a implante de eletrodo peridural apresentando melhora significativa das dores (escala analógica visual = 3) e diminuição do uso de medicação. CONCLUSÃO: A estimulação da medula espinhal constitui uma opção terapêutica em pacientes com neuropatia periférica refratária ao tratamento médico convencional quando bem indicada e realizada dentro de critérios estabelecidos.

Keywords : ANALGESIA [eletroestimulação da medula espinhal]; DOR, Crônica [neuropática, pós-quimioterapia].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese