SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue6Oxygen concentrators: evolution of inspired concentration of oxygen and repercussions in an anesthetized patient with CO2 absorber system. Pilot studyAnesthesia for cesarean section in a patient with familiar hypertrophic cardiomyopathy: case report author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

BARBOSA, Fabiano Timbó; BORGES, Eduardo Luiz de Araújo  and  BRANDAO, Roberta Ribeiro Marques. Anestesia geral após falha da raquianestesia para procedimento de urgência em paciente com mucopolissacaridose: relato de caso. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2007, vol.57, n.6, pp. 658-664. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942007000600008.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As mucopolissacaridoses são grupo heterogêneo de doenças hereditárias que ocorrem devido à deficiência enzimática lisossomal com acúmulo de mucopolissacárides ácidos nos tecidos. A mortalidade perioperatória é de 20% e deve-se principalmente à dificuldade no manuseio das vias aéreas. O objetivo deste relato foi apresentar a conduta anestésica adotada diante de paciente portador de mucopolissacaridose que se apresentou ao centro cirúrgico para realização de intervenção cirúrgica de urgência. RELATO DO CASO: Paciente de 15 anos, sexo masculino, com diagnóstico de mucopolissacaridose, deu entrada no centro cirúrgico para tratamento de hérnia umbilical encarcerada. Após monitorização, foi submetido à anestesia subaracnóidea com bupivacaína hiperbárica na posição sentada. Após identificar falha na raquianestesia, o paciente foi submetido à anestesia geral. A indução anestésica foi realizada com clonidina, fentanil e propofol por via venosa, seguida de intubação sem intercorrências. Após 45 minutos de procedimento cirúrgico, o paciente foi extubado e encaminhado à sala de recuperação pós-anestésica. Lá permaneceu por 12 horas sob observação, recebendo alta para enfermaria sem ter havido intercorrências durante esse período. CONCLUSÕES: No caso em questão, não houve dificuldade no manuseio das vias aéreas. Entretanto, esse é o principal problema encontrado nesse grupo de pacientes, cabendo ao anestesiologista escolher a melhor técnica para garantir adequado manuseio das vias aéreas.

Keywords : ANESTESIA, Geral; COMPLICAÇÕES [via aérea difícil]; DOENÇAS [mucopolissacaridose].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese