SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 issue1Comparison of the FiO2 delivered by seven models of the self-inflating bag-mask systemImpact of induced cardiac arrest on cognitive function after implantation of a cardioverter-defibrillator author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

COSTA, Verônica Vieira da; TORRES, Rafael Villela Silva Derré; ARCI, Érika Carvalho Pires  and  SARAIVA, Renato Ângelo. Midazolam por via oral como medicação pré-anestésica em crianças e adolescentes com paralisia cerebral: estudo comparativo das variações do índice bispectral. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2009, vol.59, n.1, pp. 28-36. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942009000100005.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O midazolam é um derivado benzodiazepínico com ação hipnótica e muito utilizado como medicação pré-anestésica em anestesia pediátrica. As crianças com paralisia cerebral (PC) também se beneficiam do uso do midazolam, mas seus efeitos são ainda desconhecidos sobre esse grupo de pacientes que apresentam uma série de particularidades, com alterações inclusive no local de ação do midazolam. O objetivo do estudo foi avaliar a ação do midazolam utilizado como medicação pré-anestésica sobre o índice bispectral (EEG-BIS) dos pacientes com paralisia cerebral. MÉTODO: Foram avaliados dois grupos de pacientes: um com diagnóstico de PC e outro sem doença do sistema nervoso central (SNC) e periférico. Foram registrados valores de EEG-BIS na enfermaria na véspera da operação e no dia da operação, 40 minutos depois da administração de 0,6 mg.kg-1 de midazolam via oral. Foram excluídos pacientes com história de reação paradoxal ao midazolam e pacientes do grupo-controle que estivessem em uso de outra medicação. RESULTADOS: Foram estudados 77 pacientes de ambos os sexos, entre 4 e 18 anos de idade. Não houve diferença entre os valores de EEG-BIS basal entre os grupos estudados. Após o uso do midazolam houve diminuição dos valores do EEG-BIS nos dois grupos estudados, com diferença estatística significativa em cada grupo. Na comparação entre grupos não houve diferença estatística. CONCLUSÕES: O midazolam administrado como medicação pré-anestésica na dose de 0,6 mg.kg-1 diminui os valores basais do EEG-BIS sem caracterizar hipnose e sem diferença estatística nos grupos estudados.

Keywords : CIRURGIA, Pediátrica; MEDICAÇÃO PRÉ-ANESTÉSICA [midazolam]; MONITORIZAÇÃO [índice bispectral].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese