SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 issue4Correlation between the inspired fraction of oxygen, maternal partial oxygen pressure, and fetal partial oxygen pressure during cesarean section of normal pregnanciesSubarachnoid blockade for cesarean section in a patient with ventriculoperitoneal shunt: case report author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

ASHMAWI, Hazem Adel; BRAUN, Leandro Mamede; SOUSA, Angela Maria  and  POSSO, Irimar de Paula. Efeito analgésico de antagonistas do receptor da histamina H1 em modelo de dor provocada por formalina em ratos. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2009, vol.59, n.4, pp. 461-470. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942009000400008.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os receptores de histamina mediam vias nociceptivas principalmente no sistema nervoso central. Alguns estudos mostraram efeito analgésico de antagonistas de receptor de histamina no sistema nervoso periférico. Não está claro se o efeito analgésico local é classe específico ou droga específico. MÉTODO: Para responder a essa questão, utilizamos três diferentes antagonistas do receptor H1 (pirilamina, prometazina e cetirizina) administrados diretamente na pata do rato, pela via intraperitoneal ou por bloqueio de nervo periférico em modelo de dor induzida por formalina. Observamos o efeito das drogas no comportamento do número de elevações da pata. RESULTADOS: Na fase I, a pirilamina local diminuiu o número de elevações da pata de forma dose-dependente. Na dose mais alta, a diminuição foi de 97,8%. Para a prometazina, a diminuição foi de 92% e para cetizirina, 23,9%. Na fase II, a pirilamina diminuiu o número de elevações da pata em 93,5%, a prometazina em 78,2% e a cetirizina em 80,1%. A administração dos fármacos por via intraperitoneal não alterou o comportamento doloroso. Quando utilizadas para bloqueio de nervo periférico, na fase I, a pirilamina diminuiu o número de elevações da pata em 96,7%, a prometazina em 73,3% e a cetirizina em 23,9%. Na fase II, a pirilamina levou à diminuição de 86,6%, a prometazina de 64,4% e a cetirizina de 19,9%. CONCLUSÕES: Os resultados mostraram que os antagonistas de receptor da histamina H1 apresentam efeitos analgésicos locais, diferentes do efeito sistêmico, sendo um deles anti-inflamatório e classe específico e o outro específico para prometazina e pirilamina, semelhante a efeito clínico anestésico local.

Keywords : ANIMAIS [ratos]; DOR, Experimental [formalina]; DROGAS [cetirizina]; DROGAS [pirilamina]; DROGAS [prometazina].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese