SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 issue6Main concerns of patients regarding the most common complications in the post-anesthetic care unitTotal intravenous anesthesia with target-controlled infusion of remifetanil and propofol for ablation of atrial fibrillation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094On-line version ISSN 1806-907X

Abstract

BRAGA, Angélica de Fátima de Assunção et al. Influência de anestésicos locais sobre o bloqueio neuromuscular produzido pelo rocurônio: ação da lidocaína e da mistura enantiomérica em excesso de 50% de bupivacaína na junção neuromuscular. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2009, vol.59, n.6, pp.725-734. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942009000600008.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os efeitos dos anestésicos locais (AL) na transmissão neuromuscular e sua influência no bloqueio neuromuscular produzido por bloqueadores neuromusculares competitivos são ainda alvo de pouca investigação. O objetivo do estudo foi avaliar in vitro os efeitos da lidocaína e da mistura enantiomérica em excesso de 50% de bupivacaína (S75-R25) no bloqueio neuromuscular produzido pelo rocurônio. MÉTODOS: Ratos foram distribuídos em cinco grupos (n = 5) de acordo com o fármaco estudado: lidocaína, bupivacaína (S75-R25), rocurônio, isoladamente (grupos I, II e III); rocurônio em preparações previamente expostas aos AL (grupos IV e V). As concentrações utilizadas foram: 20 µg.mL-1, 5 µg.mL-1 e 4 µg.mL1 para lidocaína, bupivacaína (S75-R25) e rocurônio, respectivamente. Avaliaram-se: 1) a força de contração muscular do diafragma à estimulação elétrica indireta, antes e 60 minutos após a adição dos AL e do rocurônio isoladamente, e a associação AL-rocurônio; 2) os efeitos dos AL sobre o potencial de membrana (PM) e potenciais de placa terminal em miniatura (PPTM). Em preparação biventer cérvicis de pintainho, foi avaliado o efeito do AL na resposta contraturante à acetilcolina. RESULTADOS: A lidocaína e a bupivacaína (S75-R25) isoladamente não alteraram as respostas musculares e os valores do PM. Nas preparações expostas aos AL, o bloqueio pelo rocurônio foi significativamente maior em relação ao produzido pelo rocurônio isoladamente. Em preparação biventer cervicis de pintainho, a lidocaína e a bupivacaína (S75-R25) diminuíram a resposta de contração à acetilcolina. A lidocaína aumentou a frequência dos PPTM, seguido de bloqueio; a bupivacaína (S75-R25) produziu diminuição seguida de bloqueio. CONCLUSÕES: Os anestésicos locais potencializaram o bloqueio neuromuscular causado pelo rocurônio. Os resultados mostraram ação pré-sináptica e póssináptica.

Keywords : ANESTÉSICOS, Local [bupivacaína (S75-R25)]; ANESTÉSICOS, Local [lidocaína]; ANIMAIS [ratos]; BLOQUEADORES NEUROMUSCULARES, Não despolarizantes [rocurônio].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License