SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue3Influence of naloxone and methysergide on the analgesic effects of low-level laser in an experimental pain modelAnesthesia for tonsillectomy in a child with Klippel-Feil syndrome associated with down syndrome: Case report author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

HOBAIKA, Adriano Bechara de Souza; PIRES, Kléber Costa de Castro  and  FERNANDES, Vitto Bruce Salles Alves. Anestesia para separação cirúrgica de emergência de onfalópogos. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2010, vol.60, n.3, pp. 311-314. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942010000300009.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A taxa de mortalidade da cirurgia de separação de gêmeos unidos no período neonatal é de 50%, podendo chegar a 75% se ocorrer em situação de emergência. O planejamento da cirurgia de separação é meticuloso e envolve exames de imagem, avaliação da circulação cruzada e até a realização de outros procedimentos cirúrgicos de preparação, como a expansão de pele. RELATO DO CASO: Gêmeas onfalópogas com 11 dias de vida foram separadas em caráter de emergência devido ao óbito da irmã por sepse associada à cardiopatia. O fígado era um órgão comum e foi separado. A gêmea sobrevivente veio a óbito seis dias depois. CONCLUSÕES: A separação no período neonatal deve ser evitada devido à imaturidade dos sistemas orgânicos dos pacientes. Contudo, situações de emergência como esta podem impor a realização do procedimento.

Keywords : ANESTESIA [Pediátrica]; CIRURGIA [Pediátrica]; CIRURGIA [gêmeos onfalópogos].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese