SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue6Citrus aurantium Blossom and Preoperative AnxietyWhat do patients know about the work of anesthesiologists? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Abstract

TEIXEIRA, Ayrton Bentes; MATHIAS, Ligia Andrade da S. Telles  and  SAAD JUNIOR, Roberto. Influência da posição na espirometria de pacientes obesas grau III. Rev. Bras. Anestesiol. [online]. 2011, vol.61, n.6, pp. 716-719. ISSN 0034-7094.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942011000600003.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A mudança de posição sentada para a posição supina, a anestesia geral e o procedimento cirúrgico reduzem os volumes pulmonares, e esse efeito pode ser maior nos obesos. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência das posições sentada, inclinação dorsal de 30º e decúbito dorsal horizontal na espirometria de doentes portadores de obesidade grau III. MÉTODO: Foram selecionados 26 pacientes adultos no período pré-operatório, obedecendo aos seguintes critérios de inclusão: portadores de IMC > 40 kg.m-2, maiores de 18 e menores de 60 anos e gênero feminino. As variáveis analisadas foram: idade, peso, altura, IMC, porcentagens dos valores preditos da CVF, VEF1 e VEF1/CVF nas posições sentada (90º), com elevação dorsal de 30º e decúbito dorsal horizontal (0º). A comparação entre as médias dos valores previstos nas diversas posições foi realizada por meio do teste de ANOVA, seguido ou não do teste de Tukey, sendo considerado significativo valor de p inferior a 0,05. RESULTADOS: Os valores das porcentagens da CVF, do VEF1 e da relação VEF1/CVF em relação aos valores previstos nas posições sentada (90º), com elevação dorsal de 30º e decúbito dorsal horizontal (0º) e o valor de p da análise estatística correspondente, foram, respectivamente: CVF: 92,8% / 88,2% / 86,5%, p = 0,301 (ANOVA); VEF1: 93,1% / 83,8% / 83,3%, p = 0,023 (ANOVA), p = 0,038 (teste de Tukey - 90º x 0º); VEF1/CVF: 100,8% / 95,5% / 96,8%, p = 0,035 (ANOVA), p = 0,035 (teste de Tukey - 90º x 30º). CONCLUSÕES: As mudanças de posição produzem alteração nos resultados da espirometria de pacientes portadores de obesidade grau III.

Keywords : AVALIAÇÃO [Cuidados Peri-operatórios]; COMPLICAÇÕES [Obesidade]; TÉCNICAS DE MEDIÇÃO [Espirometria].

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese | Spanish     · pdf in English | Spanish | Portuguese