SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue2Habitat diversity and benthic functional trophic groups at Serra do Cipó, Southeast BrazilMicrobial respiration and chemical composition of different sediment fractions in waterbodies of the upper Paraná River floodplain, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Biologia

Print version ISSN 0034-7108

Abstract

ESTEVES, K. E.  and  PINTO LOBO, A. V.. Padrão de alimentação de Salminus maxillosus (Pisces, Characidae) em Cachoeira das Emas, Rio Mogi-Guaçu (Estado de São Paulo, Sudeste do Brasil). Rev. Bras. Biol. [online]. 2001, vol.61, n.2, pp. 267-276. ISSN 0034-7108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71082001000200009.

A dieta de 364 exemplares do dourado (Salminus maxillosus) foi estudada mensalmente na região denominada Cachoeira das Emas de novembro/1996 a maio/1998, local considerado o lar de reprodução desta e de outras espécies migratórias do Rio Mogi-Guaçu. Foram capturados apenas adultos, sendo a dieta composta exclusivamente por peixes com predominância de Leporinus sp. Foi observada variação sazonal da atividade alimentar, que foi maior na estação quente e chuvosa (setembro a dezembro), época na qual a composição e o número de presas consumidas foram distintas. Essas mudanças foram basicamente atribuídas a um aumento da disponibilidade de presas no local de estudo durante o período chuvoso, visto que a maioria das espécies migratórias, incluindo pequenos Characidae, se concentra aí nessa época. Aparentemente, as mudanças na dieta de S. maxillosus, a disponibilidade de presas e a pluviosidade estão intimamente correlacionadas, representando uma combinação de fatores que explicam os padrões de exploração de recursos aqui observados.

Keywords : Salminus maxillosus; alimentação; Rio Mogi-Guaçu; disponibilidade de presas.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English