SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue2Thermal ecology and activity patterns of the lizard community of the Restinga of Jurubatiba, Macaé, RJIchthyouris voltagrandensis n.sp. (Nematoda: Pharyngodonidae) from Myleus tiete Eigenmann & Norris, 1900 (Osteichthyes: Characidae) in the Volta Grande Reservoir, MG, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Biologia

Print version ISSN 0034-7108

Abstract

BAPTISTA, D. F.; DORVILLE, L. F. M.; BUSS, D. F.  and  NESSIAMIAN, J. L.. Organização espacial e temporal de agrupamentos de insetos aquáticos no gradiente longitudinal de um rio tropical. Rev. Bras. Biol. [online]. 2001, vol.61, n.2, pp. 295-304. ISSN 0034-7108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71082001000200012.

A distribuição e a abundância de insetos aquáticos foram estudadas no gradiente longitudinal na bacia do rio Macaé, um rio costeiro da Mata Atlântica no Sudeste do Brasil. As estações amostrais foram selecionadas em trechos de 1ª, 2ª, 4ª, 5ª e 6ª ordens de rios. As amostragens foram realizadas em abril, julho e outubtro de 1995, representando o final da estação chuvosa, o período de seca e o começo de outra estação chuvosa, respectivamente. A cada mês, três amostras foram coletadas utilizando um amostrador do tipo Surber, para cada um dos seguintes substratos: areia, folhiço depositado em áreas de poções, folhiço em áreas de corredeiras e pedras. Foram coligidos um total de 46.431 espécimes de insetos aquáticos pertecentes a dez ordens. Os dados foram analisados por metodologias multivariadas de Análise de Correspondência (Aco) e Análise de Agrupamento (UPGMA), utilizando o índice de similaridade de Morisita, para os três meses. Ambos os testes mostraram uma significativa quebra no padrão de organização da fauna, os quais podem ser divididos em duas seções: trecho superior, da 1ª à 4ª ordem, e seção inferior, que inclui as 5ª e 6ª ordens. Os mesmos resultados foram obtidos com as matrizes de presença e ausência, utilizando o índice de similaridade de Jaccard, mostrando que as mudanças não eram apenas devido a diferenças quantitativas. O teste de Mantel, utilizado para comparar a composição da fauna temporalmente, não indicou diferenças entre os três meses amostrais. Além disso, a Análise de Correspondência Canônica (ACC) foi aplicada a fim de verificar como 14 variáveis físico-químicas poderiam explicar a variação da comunidade. As variáveis mais significativas foram condutividade, CPOM e pH, para o trecho superior (1ª à 4ª ordem), e alcalinidade, FPOM e HCO3 para o inferior (5ª e 6ª ordens).

Keywords : insetos aquáticos; gradiente longitudinal; rio tropical; análise multivariada.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English