SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 issue1Mercados futuro e à vista de câmbio no Brasil: o rabo abana o cachorro author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Economia

Print version ISSN 0034-7140

Abstract

MARINHO, Alexandre; CARDOSO, Simone de Souza  and  ALMEIDA, Vivian Vicente de. Avaliação comparativa de sistemas de saúde com a utilização de fronteiras estocásticas: Brasil e OCDE. Rev. Bras. Econ. [online]. 2012, vol.66, n.1, pp. 3-19. ISSN 0034-7140.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71402012000100001.

Avaliamos a eficiência na provisão de serviços de saúde no Brasil, comparado com os países da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Estimamos, em que medida, variáveis como: gasto per capita em saúde; esperança de vida ao nascer; e índice de sobrevivência infantil; servem de representação para um serviço de saúde eficiente, dado o gasto per capita com saúde. Foram geradas fronteiras de eficiência, calculadas em modelos de fronteiras estocásticas (stochastic frontiers ), e os resultados, em termos relativos, não são totalmente desfavoráveis ao Brasil. Nosso país, a despeito dos indicadores de saúde desfavoráveis em relação aos países da amostra tem, em termos de eficiência técnica relativa, o melhor desempenho relativo em todos os anos da análise.

Keywords : Brasil e OCDE; Sistemas de Saúde; Fronteiras Estocásticas (Stochastic Frontiers - SF).

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese