SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue4Characterization of suicide cases in a Brazilian Northeastern capitalFeelings and expectations of the women concerning Oncotic Citology author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167On-line version ISSN 1984-0446

Abstract

MENESES, Yúla Pires da Silveira Fontenele de et al. Correlação entre resistência carotídea e autonomia funcional de mulheres idosas. Rev. bras. enferm. [online]. 2007, vol.60, n.4, pp.382-386. ISSN 0034-7167.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672007000400004.

Este estudo objetivou correlacionar resistência da artéria carótida e autonomia funcional de idosas. Avaliou-se a resistência da artéria carótida pelo método de ultra-som Doppler e a Autonomia Funcional por testes relacionados a atividades da vida diária (Protocolo GDLAM). Para a descrição dos dados, calculou-se média e desvio padrão, em que a resistência da carótida interna direita obteve respectivamente (0,71 ± 0,07) e o Índice geral de Autonomia Funcional apresentou (30,40 ± 6,31). O coeficiente de correlação de Spearman mostrou forte associação entre as variáveis do estudo (r = 0,998; p = 0,000). Os resultados sugerem que quanto maior o índice de resistência da artéria carótida, maior será a dificuldade de execução das tarefas da vida diária.

Keywords : Artéria carótida interna; Atividades cotidianas; Idoso.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License