SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue4Characterization of suicide cases in a Brazilian Northeastern capitalFeelings and expectations of the women concerning Oncotic Citology author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Abstract

MENESES, Yúla Pires da Silveira Fontenele de et al. Correlação entre resistência carotídea e autonomia funcional de mulheres idosas. Rev. bras. enferm. [online]. 2007, vol.60, n.4, pp. 382-386. ISSN 0034-7167.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672007000400004.

Este estudo objetivou correlacionar resistência da artéria carótida e autonomia funcional de idosas. Avaliou-se a resistência da artéria carótida pelo método de ultra-som Doppler e a Autonomia Funcional por testes relacionados a atividades da vida diária (Protocolo GDLAM). Para a descrição dos dados, calculou-se média e desvio padrão, em que a resistência da carótida interna direita obteve respectivamente (0,71 ± 0,07) e o Índice geral de Autonomia Funcional apresentou (30,40 ± 6,31). O coeficiente de correlação de Spearman mostrou forte associação entre as variáveis do estudo (r = 0,998; p = 0,000). Os resultados sugerem que quanto maior o índice de resistência da artéria carótida, maior será a dificuldade de execução das tarefas da vida diária.

Keywords : Artéria carótida interna; Atividades cotidianas; Idoso.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese