SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 special issueSpacial analysis of Leprosy in the microregion of Almenara, MG, BrazilNursing assistance to a Leprosy-infected patient: transcultural approach author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Abstract

BORENSTEIN, Miriam Süssking et al. Hanseníase: estigma e preconceito vivenciados por pacientes institucionalizados em Santa Catarina (1940-1960). Rev. bras. enferm. [online]. 2008, vol.61, n.spe, pp. 708-712. ISSN 0034-7167.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672008000700009.

Trata-se de uma pesquisa qualitativa com abordagem sócio-histórica cujo objetivo foi conhecer o estigma e preconceito vivenciado por pacientes/residentes institucionalizados acometidos pela hanseníase. Para tanto, foram entrevistados três pacientes que viveram em um hospital colônia no período do estudo, utilizando-se o método de história oral. Os dados foram coletados e posteriormente analisados, utilizando-se do referencial de estigma. Os resultados evidenciaram que após o ingresso na instituição, esses doentes tiveram seus laços familiares rompidos, perderam seus direitos como cidadãos, em decorrência dessa situação, assumiram novas vidas em um novo contexto. Concluindo, o isolamento nosocomial por um longo período de tempo (anos de internação e afastamento), provocou a morte simbólica de muitos pacientes que viviam com a esperança de um retorno ao convívio familiar e/ou social.

Keywords : Hanseníase; Preconceito; História; Institucionalização; Enfermagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese