SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 número1Análise da atuação do enfermeiro na gerência de unidades básicas de saúdeConcepção dos enfermeiros sobre o conteúdo do website sala de recuperação pós-anestésica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Enfermagem

versão impressa ISSN 0034-7167

Resumo

CESARETTI, Isabel Umbelina Ribeiro; SANTOS, Vera Lúcia Conceição Gouveia  e  VIANNA, Lucila Amaral Carneiro. Qualidade de vida de pessoas colostomizadas com e sem uso de métodos de controle intestinal. Rev. bras. enferm. [online]. 2010, vol.63, n.1, pp. 16-21. ISSN 0034-7167.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672010000100003.

OBJETIVO: Avaliar e comparar a qualidade de vida (QV) de pessoas colostomizadas que utilizam e não utilizam os métodos de controle intestinal (MCI), ou seja, a irrigação e o sistema oclusor da colostomia, considerando a hipótese de que aquelas que os utilizam têm melhor QV. Método: O estudo foi desenvolvido no Ambulatório do Hospital Heliópolis, após a aprovação do projeto pelo Comitê de Ética, usando o WHOQoL-abreviado. A amostra foi constituída de dois grupos: 50 pessoas colostomizadas usando os dois MCI e 50, sem os MCI. Resultados: A QV do Grupo com MCI foi significativamente melhor em todos os Domínios e na QV Geral do que daquelas do Grupo sem MCI. Conclusão: O estudo confirmou a hipótese de que a QV do Grupo com MCI é melhor do que a do Grupo sem MCI.

Palavras-chave : Qualidade de vida; Colostomia [métodos]; Colostomia [reabilitação].

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português