SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 número2Gestão de material médico-hospitalar e o processo de trabalho em um hospital públicoInfluência de tratamentos para enxaqueca na qualidade de vida: revisão integrativa de literatura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Enfermagem

versão impressa ISSN 0034-7167

Resumo

SANTOS, Tânia Cristina Franco; GOMES, Maria da Luz Barbosa; OLIVEIRA, Alexandre Barbosa de  e  ALMEIDA FILHO, Antonio José de. A Ditadura Varguista no Brasil (1937-1945) e o Primer Franquismo na Espanha (1939-1945): poder e contra-poder das enfermeiras. Rev. bras. enferm. [online]. 2012, vol.65, n.2, pp. 347-352. ISSN 0034-7167.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672012000200022.

Estudo histórico-social cujos objetivos foram os de descrever as principais características das ditaduras de Vargas e Franco e analisar as implicações destas para a institucionalização da enfermagem no Brasil e na Espanha. As fontes utilizadas foram documentos escritos localizados em arquivos brasileiros e espanhóis e a literatura relativa ao tema. A análise dos dados, apoiada por conceitos da Teoria do Mundo Social de Pierre Bourdieu, evidenciou que, no Brasil e na Espanha, no que se referia à divisão social do trabalho, o ponto de encontro entre Igreja e Estado consistia na reclusão da mulher no espaço privado. Conclui-se que as qualidades femininas foram capitalizadas pelas enfermeiras para legitimarem sua atuação no espaço público, ainda que para reproduzir neste espaço, consentido pelo Estado e pela Igreja, ocupações adequadas à feminilidade.

Palavras-chave : Enfermagem; História da enfermagem; Brasil; Espanha.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português