SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.68 número5Desemprego e sofrimento psíquico em enfermeirasEspiritualidade, religiosidade e crenças pessoais de adolescentes com câncer índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Enfermagem

versão impressa ISSN 0034-7167versão On-line ISSN 1984-0446

Resumo

HIRSCH, Carolina Domingues et al. Estratégias de coping de acadêmicos de enfermagem diante do estresse universitário. Rev. Bras. Enferm. [online]. 2015, vol.68, n.5, pp.783-790. ISSN 0034-7167.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167.2015680503i.

Objetivo:

identificar as estratégias de coping utilizadas pelos acadêmicos de enfermagem de uma Universidade no Sul do Brasil, estabelecendo relação entre as variáveis sócio-demografi cas e acadêmicas pesquisadas.

Método:

estudo quantitativo, do tipo exploratório-descritivo, realizado com 146 estudantes de enfermagem, mediante aplicação do Inventário de Estratégias de coping. Para análise dos dados utilizou-se a estatística descritiva, análise de variância e análise de regressão.

Resultados:

evidenciou-se que a estratégia de coping mais utilizada pelos estudantes de enfermagem foi a fuga da realidade. Identificou-se também associação entre a variável insatisfação acadêmica e a utilização de estratégias de coping negativas.

Conclusão:

verificou-se que estudantes satisfeitos com o curso utilizam estratégias de coping positivas e centradas no problema, enquanto que estudantes insatisfeitos usam estratégias negativas e focadas na emoção.

Palavras-chave : Estudantes de Enfermagem; Adaptação Psicológica; Educação em Enfermagem.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )