SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.69 issue6Quality of life in glaucoma patients: comparison between public health system and private practiceClinic and epidemiologic profile of preterm infants with very low birth weight in Rio de Janeiro: 152 patients study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Oftalmologia

Print version ISSN 0034-7280

Abstract

ALMODIN, Juliana; PICOSSE, Claudio Rabelo Santos; CVINTAL, Tadeu  and  ALMODIN, Flavia. Estudo pressórico da esclerectomia profunda com implante de SkGel no glaucoma primário de ângulo aberto. Rev. bras.oftalmol. [online]. 2010, vol.69, n.6, pp.383-388. ISSN 0034-7280.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72802010000600007.

OBJETIVO: Avaliar a eficácia, em termos de redução da pressão intraocular (PIO) da esclerectomia profunda não penetrante (EP) com uso de implante de SkGel. MÉTODOS: Trata-se de um estudo observacional, retrospectivo através da revisão de prontuários do Instituto de Oftalmologia Tadeu Cvintal. Foram avaliados 45 olhos de 37 pacientes submetidos à EP com implante de Skgel nos últimos 10 anos por glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA). O estudo analisou resultados pressóricos após 12 meses de acompanhamento em um período de 10 anos, de 1997-2007. Todos os pacientes apresentavam PIO não controlada com medicação hipotensora ocular máxima tolerada ou PIO controlada, porém com dano glaucomatoso em progressão. RESULTADOS: A população global estudada foi composta de 37 pacientes, sendo 23 (62,16%) mulheres e 14 (37,83%) homens, com um total de 45 olhos. A média de idade da população em estudo foi de 57,4 +/- 14,5 anos. A PIO média pré-operatória foi de 20,50 +/- 6,40 mmhg, após 12 meses de acompanhamento, a PIO média pós-operatória foi de 14,00 +/- 3,90 mmhg. A redução média da PIO foi de - 6,50 mmhg +/- 7,20 mmhg. As taxas de sucesso absoluto (PIO<21mmhg sem medicação hipotensora) e relativo (PIO<21mmhg com medicação hipotensora) observadas foram de 71,10% e de 26,70% respectivamente. CONCLUSÃO: A EP não penetrante com uso de implante mostrou-se no presente estudo ser uma ótima alternativa aos procedimentos cirúrgicos antiglaucomatosos em pacientes com GPAA.

Keywords : Pressão intraocular; Glaucoma [cirurgia]; Implantes para drenagem de glaucoma; Esclerotomia [métodos]; Glaucoma de ângulo aberto.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License