SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.71 número1Management performance of eye banks and its impact on those organizations resultsVirtual Reality and ophthalmology índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Brasileira de Oftalmologia

versión impresa ISSN 0034-7280

Resumen

GEHLEN, Marcelo Luiz et al. Olho seco e Sjögren secundário na artrite reumatóide. Rev. bras.oftalmol. [online]. 2012, vol.71, n.1, pp. 36-39. ISSN 0034-7280.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72802012000100007.

OBJETIVO: Examinar a prevalência de ceratoconjuntivite seca e de Síndrome de Sjögren (SS) secundária em pacientes com AR do sul do Brasil e analisar suas relações com duração e atividade da AR e classe funcional do paciente. Pacientes com artrite reumatóide (AR) podem ter ceratoconjuntivite seca, que é considerada uma manifestação extra-articular dessa doença. MÉTODOS: Estudaram-se 82 pacientes com AR para sintomas de secura, Schirmer teste, DAS-28 ( índice de atividade da AR) e classe funcional. RESULTADOS: Sintomas de secura ocular estavam presentes em 57,3%, Schirmer positivo em 41,2% e SS secundária em 24.3%. A presença de um teste positivo para o Schirmer ou da SS secundária não teve associação com duração de doença (p=0,65 and 0,80), atividade da AR (p=0,42 and 0,25) nem com a classe funcional do paciente (p= 0.84 and 0,79). CONCLUSÃO: Existe uma alta prevalência de síndrome sicca nos pacientes com AR; ¼ deles tem SS secundário. O aparecimento de SS secundário e da síndrome sicca é independentes de atividade, tempo de duração e do dano cumulativo gerado pela AR subjacente .

Palabras llave : Olho seco [etiologia]; Síndrome de Sjögren [etiologia]; Artrite reumatóide [complicações].

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués