SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.73 issue2Evaluation of life quality of patients submitted to cataract surgery with implants of monofocal, bifocal and multifocal lensesPerception of topical ocular drug delivery: comparison between eyedrop instillation in open eyes and vaporisation in closed eyes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Oftalmologia

Print version ISSN 0034-7280

Abstract

CUNHA, Leonardo Provetti et al. Fatores preditivos para formação de fibrina na câmara anterior após cirurgia vitreorretiniana. Rev. bras.oftalmol. [online]. 2014, vol.73, n.2, pp.93-97. ISSN 0034-7280.  http://dx.doi.org/10.5935/0034-7280.20140021.

Objetivo:

Avaliar os possíveis fatores relacionados à formação de fibrina na câmara anterior após cirurgia vitreorretiniana em uma grande série de casos.

Métodos:

Foi realizado um estudo retrospectivo, observacional, caso-controle, onde os dados de 185 olhos de 185 pacientes submetidos à cirurgia vitreorretiniana foram avaliados. Os seguintes dados foram analisados: presença ou não de fibrina na câmara anterior na primeira semana de pós-operatório, idade, presença ou não de diabetes mellitus, calibre do sistema de vitrectomia utilizado (20,23 ou 25 gauge), substituto vítreo, a influência de cirurgias oftalmológicas prévias e a realização de cirurgia de catarata combinada. Para avaliação dos fatores preditivos para formação de fibrina, a análise univariada foi realizada. O modelo de regressão logística multivariada foi utilizado para investigar os fatores associados com a formação de fibrina (p<0,05).

Resultados:

A presença de fibrina na câmara anterior foi encontrada em 12 (6,4%) pacientes. Pela análise de regressão logística multivariada, o uso de solução salina balanceada (BSS) como substituto vítreo, a chance da presença de fibrina foi 5 vezes maior (odds ratio 4,83, IC 95% 1,302 - 17,892; p=0,019), enquanto que a realização de cirurgia facoemulsificação combinada aumentou a chance de formação de fibrina 20 vezes (odds ratio 20, IC 95% 2,480 - 161,347; p=0,005). Nenhuma diferença estatisticamente significativa foi encontrada para as outras variáveis.

Conclusão:

A formação de fibrina na câmara é uma complicação indesejada após cirurgia vitreorretiniana. Fatores como realização de cirurgia de facoemulsificação combinada e o uso de BSS como substituto vítreo podem predispor a esta complicação.

Keywords : Catarata/cirurgia; Fibrina; Facoemulsificação/efeitos adversos; Vitrectomia/efeitos adversos; Ativador de plasminogênio tecidual; Cirurgia vitreorretiniana.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )