SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.76 número3Cisto ductal de glândula lacrimal em paciente com eritrodermia ictiosiforme congênitaLentigo maligno na face: um desafio na conduta índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Oftalmologia

versão impressa ISSN 0034-7280versão On-line ISSN 1982-8551

Resumo

MARTINS, Thiago Gonçalves dos Santos et al. Avaliação de aplicação única subconjuntival pré-operatória de mitomicina C em pterígio primário. Rev. bras.oftalmol. [online]. 2017, vol.76, n.3, pp.157-160. ISSN 1982-8551.  https://doi.org/10.5935/0034-7280.20170032.

Pterígios são lesões geralmente benignas que na maioria dos casos não requer tratamento específico. É um crescimento fibrovascular sobre a córnea, geralmente a partir do lado nasal. Sua causa ainda não foi elucidada, mas parece estar relacionada à exposição aos raios ultravioleta. Quando os sintomas não são controlados com tratamento conservador, a cirurgia é indicada, porém o índice de recidiva ainda é alto, e os esforços têm sido no sentido de reduzir esse índice. A mitomicina C (MMC) é uma opção de adjuvante à cirurgia por ser um inibidor da proliferação de fibroblastos, diminuindo o risco de recorrência do pterígio. Relatamos aqui um caso que descreve cirurgia de pterígio realizada em ambos os olhos de uma mesma paciente, sendo um com MMC e outro sem ela. Os resultados e o índice de proliferação celular dos dois olhos foram comparados entre si.

Palavras-chave : Mitomicina /uso terapêutico; Pterígio/cirurgia; Pterígio/quimioterapia; Recidiva.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )