SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.73 issue6Group follow up proposal for elderly with hearing aidsExpression of basement membrane laminin in oral squamous cell carcinomas author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Otorrinolaringologia

Print version ISSN 0034-7299

Abstract

BITTAR, Roseli Saraiva Moreira; PEDALINI, Maria Elisabete Bovino; RAMALHO, Jeanne Oiticica  and  YOSHIMURA, Ricardo. Análise crítica dos resultados da reabilitação vestibular em relação à etiologia da tontura. Rev. Bras. Otorrinolaringol. [online]. 2007, vol.73, n.6, pp. 760-764. ISSN 0034-7299.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992007000600007.

A reabilitação vestibular (RV) é uma ótima opção terapêutica para tratamento dos pacientes vestibulopatas. Contudo, mesmo quando bem conduzida, algumas vezes não surte os efeitos propostos. OBJETIVO: Avaliar a resposta de pacientes submetidos à RV em relação às etiologias apresentadas. Forma de Estudo: Retrospectivo descritivo. PACIENTES E MÉTODO: Analisamos pacientes que concluíram a RV e tinham diagnóstico entre janeiro de 2002 e dezembro de 2004. Dividimos os pacientes em três grupos, de acordo com a resposta à RV e os comparamos em relação às etiologias. RESULTADOS: Observamos 13 casos sem melhora com a RV, 24 com melhora parcial e 22 com remissão dos sintomas. As etiologias encontradas foram cervical, trauma, metabólica, central, transtornos da ansiedade e do humor, doença auto-imune, intolerância ortostática. A etiologia metabólica apresentou evolução significativamente melhor do que as demais. CONCLUSÃO: Quando associada à adequada correção etiológica, a RV é uma ótima opção no tratamento das vestibulopatias.

Keywords : reabilitação vestibular; tontura.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese