SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.74 número6Pesquisa da função vestibular em crianças com queixa de dificuldades escolaresAnálise dos padrões histopatológicos do colesteatoma adquirido da orelha média índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Otorrinolaringologia

versão impressa ISSN 0034-7299

Resumo

DALL'IGNA, Celso; TEIXEIRA, Vanessa Niemiec; DALL'IGNA, Daniela Pernigotti  e  ROSITO, Letícia Petersen Schmid. Resultados da cirurgia para otospongiose com dois tipos de prótese em procedimentos realizados por residentes. Rev. Bras. Otorrinolaringol. [online]. 2008, vol.74, n.6, pp.826-832. ISSN 0034-7299.  https://doi.org/10.1590/S0034-72992008000600004.

A cirurgia do estapédio é um dos tratamentos indicados para a melhora da surdez condutiva secundária à otospongiose. O procedimento requer habilidade e experiência do cirurgião e faz parte do treinamento durante a residência médica. OBJETIVOS: Avaliar qual tipo de prótese (teflon ou mista de metal e aço) apresenta melhores os resultados auditivos em cirurgias realizadas por residentes e a incidência de complicações. MATERIAL E MÉTODOS: Foram avaliadas retrospectivamente 189 intervenções cirúrgicas que tiveram participação ativa de residentes, comparando-se os dois tipos de prótese utilizados. Os resultados audiométricos foram analisados conforme orientação do Committee on Hearing and Equilibrium e segundo o Amsterdam Hearing Evaluation Plots. RESULTADOS: O gap aéreo-ósseo diminuiu em média 21,90 dB (p<0,05) após o procedimento cirúrgico no grupo da prótese de teflon e 21,37 dB (p<0,05) no grupo da prótese mista, sendo o ganho do IRF de 22,33 e 26,10 dB (p<0,05), e o gap aéreo-ósseo foi inferior a 20 dB em 80,6% e 85,04%, respectivamente. CONCLUSÕES: Não evidenciamos diferenças no resultado audiométrico e na incidência de complicações quando comparamos o tipo de prótese utilizada. Acreditamos ser válida a execução desse procedimento em serviços de treinamento de médicos residentes, independente do tipo de prótese.

Palavras-chave : estapedectomia; otosclerose; residência médica; surdez.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons