SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 issue1Accoustic immitance measures in infants with 226 and 1000 hz probes: correlation with otoacoustic emissions and otoscopy examinationMulticentricity in the thyroid differentiated carcinoma author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Otorrinolaringologia

Print version ISSN 0034-7299

Abstract

TANAMATI, Liege Franzini; BEVILACQUA, Maria Cecília  and  COSTA, Orozimbo Alves. Avaliação longitudinal do ECAP registrado em crianças usuárias de implante coclear. Rev. Bras. Otorrinolaringol. [online]. 2009, vol.75, n.1, pp. 90-98. ISSN 0034-7299.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992009000100014.

Em crianças usuárias de Implante Coclear (IC), o registro do potencial de ação composto do nervo auditivo evocado eletricamente (ECAP) representa uma maneira de avaliar as modificações nas respostas neurais e entre o feixe de eletrodos e o tecido neural ao longo do tempo. OBJETIVO: Estudar o ECAP em crianças ao longo do primeiro ano de uso do IC. MATERIAL E MÉTODO: As características do ECAP foram analisadas em 13 crianças, implantadas com idades inferiores a três anos de idade. Estudo de série. RESULTADOS: Houve aumento estatisticamente significante na amplitude do pico N1, nos eletrodos basais, entre o segundo e o terceiro retorno. Não foram obtidas diferenças significantes para: a latência do pico N1, o slope, o p-NRT e o período de recuperação entre os retornos. Nos três retornos, a maioria dos sujeitos apresentou tempo de recuperação entre 1000 e 2000µs. CONCLUSÃO: Ao longo do primeiro ano de uso do IC, a estimulação elétrica liberada pelos eletrodos intracocleares não causou alterações significativas às características do ECAP, exceto pelo aumento da amplitude do pico N1.

Keywords : criança; implante coclear; nervo coclear.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese