SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 issue2Larynx cancer mortality in the State of Pernambuco - Brazil - 2000-2004P300-long-latency auditory evoked potential in normal hearing subjects: simultaneous recording value in Fz and Cz author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Otorrinolaringologia

Print version ISSN 0034-7299

Abstract

YONAMINE, Fernando Kaoru et al. Paralisia facial associada à otite média aguda. Rev. Bras. Otorrinolaringol. [online]. 2009, vol.75, n.2, pp. 228-230. ISSN 0034-7299.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992009000200011.

A otite média aguda com paralisia facial não é uma associação muito freqüente. OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi avaliar a evolução da paralisia facial decorrente de otite média aguda. FORMA DE ESTUDO: Clínico retrospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Foram estudados 40 pacientes com esta associação de patologias, num total de 2758 casos de paralisa facial atendidos neste período no setor de distúrbios do nervo facial. Todos os pacientes foram avaliados clinicamente com dados epidemiológicos, prognósticos e evolutivos. RESULTADOS E CONCLUSÃO: A paralisia foi súbita em 95% dos casos. A recuperação foi de 85% para o grau I (House-Brackman) e 15% para o grau II (House-Brackman). O tratamento foi clínico com antibiótico e corticoterapia com bons resultados. Nos pacientes com mau prognóstico elétrico a descompressão do nervo facial fez com que a evolução fosse favorável.

Keywords : otite média; paralisia facial.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese