SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 issue2Correlation between voice and life quality and occupationVestibular evaluation using videonystagmography of chronic zinc deficient patients due to short bowell syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Otorrinolaringologia

Print version ISSN 0034-7299

Abstract

SARMENTO JUNIOR, Krishnamurti Matos de Araujo; TOMITA, Shiro  and  KOS, Arthur Octavio de Ávila. Uso tópico da adrenalina em diferentes concentrações na cirurgia endoscópica nasal. Rev. Bras. Otorrinolaringol. [online]. 2009, vol.75, n.2, pp. 280-289. ISSN 0034-7299.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992009000200020.

A concentração ideal de adrenalina tópica a promover hemostasia adequada sem toxicidade ainda é motivo de controvérsia. OBJETIVO: Comparar soluções tópicas de adrenalina em diferentes concentrações. DESENHO DO ESTUDO: Prospectivo, duplo-cego, seleção aleatória. MATERIAIS E MÉTODOS: 49 pacientes submetidos à cirurgia endoscópica nasal, divididos em 3 grupos usando exclusivamente adrenalina tópica, nas concentrações de 1:2000, 1:10.000 e 1:50.000. Comparou-se o tempo operatório, o sangramento, as concentrações plasmáticas de adrenalina e noradrenalina e a variação dos parâmetros cardiovasculares. RESULTADOS: O tempo operatório por procedimento foi menor no grupo que utilizou adrenalina 1:2000, assim como o sangramento (p < 0,0001). As concentrações plasmáticas de adrenalina subiram em todos os 3 grupos, porém mais no grupo que utilizou adrenalina 1:2000. Houve uma tendência de aumento dos níveis tensionais nos pacientes que usaram adrenalina 1:2000 e 1:10.000, com maior ocorrência de picos hipertensivos. Discussão: Os benefícios do uso da solução de adrenalina mais concentrada foram evidentes, principalmente em relação ao sangramento. A tendência de aumento dos níveis tensionais pode ter ocorrido por não termos utilizado técnica anestésica intravenosa exclusiva. CONCLUSÃO: Analisando os prós e contras, sugerimos o uso de solução de adrenalina tópica 1:2000; mais pesquisas que corroborem nossos achados são necessárias.

Keywords : doenças dos seios paranasais; epinefrina; hemostasia cirúrgica; norepinefrina; pólipos nasais.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese