SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue2Thermal tension and reaction rate for a downdraft biomass gasifierFirst record of genus Toxorhynchites Theobald (Diptera, Culicidae) in Mata Atlântica, Viçosa, Minas Gerais State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Ceres

Print version ISSN 0034-737X

Abstract

JESUS, Adriana Madeira Santos; CARVALHO, Samuel Pereira de; CASTRO, Evaristo Mauro de  and  GOMES, Carlos Nick. Observações anatômicas em plantas de Coffea arabica L. obtidas por enraizamento de estacas. Rev. Ceres [online]. 2010, vol.57, n.2, pp.175-180. ISSN 0034-737X.  https://doi.org/10.1590/S0034-737X2010000200006.

Uma forma para se obter diminuição significativa de tempo e recursos despendidos nos programas de melhoramento de Coffea arabica L. é a clonagem de híbridos F1 por meio de estacas caulinares. Alguns estudos, em diferentes instituições, foram realizados buscando-se definir um método eficiente para esse tipo de clonagem. Com o objetivo de verificar-se a presença de barreiras anatômicas ao enraizamento de estacas caulinares do cafeeiro e a origem das raízes adventícias, bem como compara-las às raízes provenientes de plantas obtidas por semeadura, foram realizadas análises anatômicas no Departamento de Biologia da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Lavras, MG. Utilizaram-se estacas caulinares de cafeeiro dos cultivares Acaiá e Rubi e mudas obtidas por semeadura direta e por estaquia. Os cortes realizados nas estacas caulinares mostraram não existirem barreiras anatômicas ao enraizamento adventício. Nas estacas enraizadas, a origem do primórdio radicular foi próxima aos tecidos vasculares. Cortes histológicos nas raízes formadas nas estacas e nas raízes de mudas obtidas por semeadura confirmaram que elas apresentam as mesmas estruturas primárias.

Keywords : Cafeeiro; clonagem; barreiras anatômicas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License