SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 issue2Selection of Lactuca sativa L. genotypes for organic productionEffect of varying volumes of commercial substrates, soil and organic compost on yellow passion fruit seedling growth in different cultivation conditions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Ceres

Print version ISSN 0034-737X

Abstract

REZENDE, Maria Elvira de et al. Teor e composição química do óleo essencial de alpínia em razão da adubação e da disponibilidade de água no solo. Rev. Ceres (Impr.) [online]. 2011, vol.58, n.2, pp. 208-215. ISSN 0034-737X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-737X2011000200012.

A influência de diferentes adubos e disponibilidade de água no solo foi avaliada em relação ao teor e à composição química de óleos essenciais em folhas de alpínia. O experimento foi realizado em blocos casualizados, com três repetições, em esquema de parcelas subdivididas. As parcelas corresponderam a dois limites de disponibilidade de água no solo [LDA1 - redução de 75% da capacidade total de retenção de água (CTA) - e LDA2 - redução de 50% da CTA], e as subparcelas, aos adubos: esterco bovino, cama-de-galinha, torta-de-filtro, químico e o controle não-adubado. A disponibilidade de água no solo, assim como a adubação, não influenciou no teor e na composição química de óleos essenciais aos 12 meses após o plantio. Os principais constituintes químicos (teores) dos óleos essenciais em folhas de alpínia foram: α-thujeno (6,11%), α-pineno (2,69%), sabineno (16,69%), β-pineno (4,64%), β-mirceno (1,76%), 1,8-cineol (19,41%) e 1-terpinen-4-ol (14,32%).

Keywords : Alpinia zerumbet; Zingiberaceae; planta ornamental; nutrientes; planta medicinal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese