SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 issue3Economic analysis and revenue optimization in management regimes of Pinus taeda author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Ceres

Print version ISSN 0034-737XOn-line version ISSN 2177-3491

Abstract

PAIXAO, Marcel Gomes et al. Qualidade do leite e gestão financeira em diferentes escalas de produção em propriedades leiteiras localizadas no sul de Minas Gerais, Brasil. Rev. Ceres [online]. 2017, vol.64, n.3, pp.213-221. ISSN 0034-737X.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-737x201764030001.

Objetivou-se analisar a relação de aspectos referentes a gestão financeira e escala de produção com a qualidade (contagem de bactérias totais - CBT; contagem de células somáticas - CCS) e composição (proteína, gordura, lactose, sólidos totais e sólidos desengordurados) do leite cru refrigerado de tanques referentes a 100 propriedades leiteiras do sul de Minas Gerais, atráves da aplicação de questionários semiestruturados. Agrupou-se os produtores conforme as produções diárias de leite: pequenos (menor que 150 L); médios (151 a 500 L) e grandes (maior que 501 L). Realizou-se testes “qui-quadrados” e de riscos relativos entre as questões financeiras e as adequações à normativa vigente (Instrução normativa nº 62 de 29 de dezembro de 2011, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) referentes às médias de CBT (> 300.000 UFC/mL) e CCS (> 500.000 células/mL) e entre as diferentes escalas de produção. A composição do leite, em todas as escalas, atendiam a normativa e não diferiram; porém, as médias de CCS, em todas as escalas, e as de CBT nos pequenos produtores, não atendiam, sendo verificadas diferenças (P ≤ 0,05). Quanto ao gerenciamento, a maioria não controlava as receitas e despesas e não estimavam o custo de produção, com incidências decrescentes tanto quanto maior a escala. Os testes “qui-quadrados” revelaram que os produtores que não possuíam conhecimento do preço pago pelas bonificações pela qualidade do leite apresentaram 2,95 vezes mais chances (P ≤ 0,05) da CBT estar acima do estabelecido pela normativa vigente. Verificou-se que os pequenos produtores apresentaram maior descaso no controle gerencial e na produção higiênica do leite, quando comparados aos médios e grandes.

Keywords : contagem de células somáticas; contagem bacteriana total; gerenciamento; bovinocultura leiteira.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )