SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 número1Utilização da análise de importância-desempenho para medir a satisfação de franqueados de agências de viagensMODELO ESTRUTURAL DE GOVERNANÇA DA INFORMAÇÃO PARA BANCOS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Administração de Empresas

versão impressa ISSN 0034-7590versão On-line ISSN 2178-938X

Resumo

DAL-SOTO, FÁBIO  e  MONTICELLI, JEFFERSON MARLON. Estratégias de coopetição na educação superior brasileira. Rev. adm. empres. [online]. 2017, vol.57, n.1, pp.65-78. ISSN 0034-7590.  http://dx.doi.org/10.1590/s0034-759020170106.

A coopetição é uma estratégia de relacionamento entre empresas ou instituições que competem e cooperam simultaneamente, porém em áreas distintas, que se evidencia em diversos arranjos interorganizacionais. Logo, o objetivo deste artigo é gerar proposições teóricas sobre estratégias de coopetição com base no Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung), composto por 15 Instituições de Educação Superior (IES), localizado no sul do Brasil. Trata-se de uma investigação de um caso único com múltiplas unidades de análise, realizado por meio de entrevistas in loco com o Presidente do Consórcio e os gestores das IES pesquisadas, além de dados secundários. Os resultados mostram que a coopetição tem sido utilizada como mecanismo de proteção de mercado e acesso a recursos indisponíveis individualmente, de acordo com as interações dinâmicas entre as IES que integram o Comung.

Palavras-chave : Coopetição; competição; cooperação; educação superior; Comung.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )