SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número5Organizational commitment: a study at the court of the State of Minas GeraisAdoption of electronic patient record in teaching hospitals in Brazil and Spain: the perception of health professionals índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista de Administração Pública

versión impresa ISSN 0034-7612

Resumen

LACERDA, Daniel Pacheco. Cultura organizacional: sinergias e alergias entre Hofstede e Trompenaars. Rev. Adm. Pública [online]. 2011, vol.45, n.5, pp.1285-1301. ISSN 0034-7612.  https://doi.org/10.1590/S0034-76122011000500003.

Entre os diferentes elementos a serem considerados na gestão atualmente, os aspectos culturais têm se colocado na centralidade das discussões organizacionais. Essa posição deriva do fato de que a vantagem competitiva sustentável se origina da compreensão, respeito e utilização das diferenças de hábitos, práticas, pontos de vistas e competências. Empresas com atuação local ou global precisam atentar para as características oriundas de seu capital humano. O presente trabalho busca apresentar algumas evidências das implicações culturais a partir do prisma das dimensões culturais. Para isso é realizada uma breve revisão sobre o tema, em seguida são discutidas algumas repercussões para as organizações.

Palabras clave : dimensões culturais; estudo de caso; cultura organizacional.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons