SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número4Conhecimento organizacional em escolas de governo: um estudo comparado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista de Administração Pública

versão impressa ISSN 0034-7612

Resumo

FREITAS, Maria Ester de. Lições organizacionais vindas da Antártica. Rev. Adm. Pública [online]. 2012, vol.46, n.4, pp. 915-937. ISSN 0034-7612.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-76122012000400002.

Este artigo foi escrito em 2011, com base em relatório de pesquisa apresentado ao FGV/GVPesquisa em 2010; portanto, antes do acidente ocorrido na Estação Antártica Comandante Ferraz, em 25 de fevereiro de 2012. Nosso estudo foca um modelo de gestão pública que se fundamenta na cooperação, representado pelo Programa Antártico Brasileiro (Proantar), em relação ao qual realizamos uma pesquisa empírica exploratória sobre o quotidiano dos pesquisadores que trabalham na Antártica. O objetivo foi entender como as equipes são formadas, como executam seus trabalhos e interagem com os colegas de outras instituições e, também, a maneira como lidam com o isolamento e as condições limitadas de trabalho. Com base nesses resultados, ampliamos o escopo do estudo para uma análise organizacional através de analogias baseadas em metáforas, tomando o continente antártico como uma organização específica. Nossa pergunta-chave é: como uma análise organizacional da Antártica poderá contribuir para a gestão de organizações públicas ou privadas baseadas no conhecimento e na cooperação?

Palavras-chave : cooperação multidisciplinar; organizações públicas complexas; trabalho em ambientes extremos; comunidade de conhecimentos; pesquisadores antárticos.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português     · pdf em Português